Ajuruteua

Ajuruteua

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

FERCY NERY DIVULGA A AMAZÔNIA EM PORTUGAL

Fercy Nery
Especial convite enviado pelo Músico e Produtor Cultural Paraense, Fercy Nery.

Venha conhecer um pouco mais dessa fascinante região do planeta e aprender a amá-la, à sua cultura, aos seus "povos da floresta" e costumes, nas fotografias e intervenções da antropóloga portuguesa, Rita Pestana, numa apresentação inédita.

Assista também a um concerto genuinamente amazónico/brasileiro, com o músico/cantor, Fercy Nery (voz e violão), revelando ritmos tradicionais daquela região numa fusão musical que envolve desde o carimbó (ritmo tradicional do estado do Pará) até aos ritmos já consagrados como o samba, a bossa nova e a música de intervenção de Chico Buarque, Gilberto Gil, Caetano, entre outros grandes nomes da música popular brasileira. No repertório, músicas também de sua própria autoria.

Exposição e venda de livros do poeta premiado da Amazónia Carlos Correia Santos.

Uma noite de poesia, música e informação. Venha conferir!

Em pleno Chiado, no dia 23 de dezembro/2011 sexta-feira, às 19:00hs, na rua Garrett, 60 (Galerias Garret, 60, 1º piso, próximo à Rua Ivens).

Esta é mais uma iniciativa do Projeto: Work In Progress Garrett.

Apoio: Amazónias e Seus Povos (https://www.facebook.com/amazoniaseseuspovos)

Para mais informações: 960443965 (Fercy Nery)


Agradeço e desejo sucesso ao evento, caro amigo.

4 comentários:

  1. Estando em Portugal ou em outro solo estrangeiro,não deixo de amar minha terra nem de reconhecer minhas raízes. Sempre fui um obstinado por cultura, seja produzindo artistas ou reproduzindo-a através de meus próprios trabalhos com o velho "pinho" que ganhei de presente de meu pai anos atrás. Agora sinto que o nosso amor pela pátria cresce a dimensões gigantescas, como o olhar pela Amazônia que deixei na lembrança perpetuar: canoas (como em Indauê Tupã- na canção de Paulo André e Ruy Barata), paisagens verdes que insistem em permanecer em pé graças as nossas atitudes e com ela vamos desconstruindo a nocividade de um certo "progresso que devasta como Belo Monte" .Sou Bandeiras de açaí e mangas na calçada que alimenta, o imaginário das lendas e a vida cotidiana do passado/presente,índio e cidadão de lutas, e bandeiras à fincar em toda parte...oriúndo de uma cidade que não esmureçe e que corre em forma de cultura em minhas veias amazônicas. Flho adotivo que sou de Belém do Pará, filho legítimo de uma Amazônia universal. Há mais de 30 anos vim do Amapá(Serra do Navio), para a capital "morena", aprendendo sempre que a vida determina caminhos sempre vastos e valiosos de riqueza cultural infinita,como se quisesse testar nosso olhar. Trago a certeza de Belém, que aprendi o quanto se tem pra trilhar...e o quanto ainda podemos fazer pela Amazônia.
    Muito obrigado minha amiga, Lígia Saavedra, pelo apoio, como vc muitos estão vivos em minhas lembranças e todos fazem parte de meu trabalho, de uma forma ou de outra, de forma positiva,com certeza. Boas Festas! Fercy Nery.

    ResponderExcluir
  2. É sempre uma grande honra divulgar o seu trabalho, caro amigo! Seu trabalho é sério e voltado sempre para a nossa região.

    Conte sempre conosco, Fercy!

    Um terno abraço amazônico parauara.

    ResponderExcluir
  3. PARABÉNS FERCY, CONTINUE DIVULGANDO A NOSSA CULTURA, E O MELHOR DA NOSSA MÚSICA, SUCESSO!

    ResponderExcluir

COPIE E LEVE COM VOCÊ O NOSSO BLOG E A COR DO AÇAÍ.

BannerFans.com

Recado

Paixaoeamor.com