Ajuruteua

Ajuruteua

sábado, 30 de julho de 2011

"DE TUDO" - RENATO TORRES e RENATO GUSMÃO





Fonte:
Renato Gusmão por e-mail

sexta-feira, 29 de julho de 2011

ROBERTO FERNÁNDEZ RETAMAR - POETA CUBANO


FELIZES OS NORMAIS - (Roberto Fernández Retamar)

Felizes os normais, esses seres estranhos.
Os que não tiveram uma mãe louca, um pai bêbado, um filho delinquente,
Uma casa em parte nenhuma, uma doença desconhecida,
Os que não foram calcinados por um amor devorador,
Os que viveram os dezessete rostos do sorriso e um pouco mais,
Os cheios de sapatos, os arcanjos com chapéus,
Os satisfeitos, os gordos, os lindos,
Os rintimtim e os seus sequazes, os que como não, por aqui,
Os que ganham, os que são queridos até ao fim,
Os flautistas acompanhados por ratos,
Os vendedores e seus compradores,
Os cavaleiros ligeiramente sobre-humanos,
Os homens vestidos de trovões e as mulheres de relâmpagos,
Os delicados, os sensatos, os finos,
Os amáveis, os doces, os comestíveis e os bebíveis.
Felizes as aves, o esterco, as pedras.

Mas que dêem passagem aos que fazem os mundos e os sonhos,
As ilusões, as sinfonias, as palavras que nos desbaratam
E nos constroem, os mais loucos que as suas mães, os mais bêbados
Que os seus pais e mais delinquentes que os seus filhos
E mais devorados por amores calcinantes.
Que lhes dêem o seu sítio no inferno, e basta.




O OUTRO - (Roberto Fernández Retamar)

(1 de janeiro de 1959)

Nós, os sobreviventes,
A quem devemos a sobrevida?
Quem morreu por mim na masmorra,
Quem recebeu a minha bala,
A que era para mim em seu coração?
Sobre qual morto eu estou vivo,
Seus ossos jazem nos meus,
Os olhos que lhe arrancaram, vendo
Pelo olhar de minha cara,
E a mão que não é sua mão,
Que também já não é a minha,
Escrevendo palavras rotas
Onde ele não está, na sobrevida?


Sobre o autor:
Roberto Fernandez Retamar ( Havana , 09 de junho de 1930 ) é um poeta cubano, nascido no bairro O Viper da capital.
Começou a estudar pintura e arquitetura, mas acabou cursando Ciências Humanas na Universidade de Havana (1948-52) onde mais tarde obteve um doutorado em Filosofia (1954). Graças a uma bolsa de estudos e para aprofundar seus estudos nas Universidades de Sorbonne e em Londres na Yale.

Foi diretor do New cubano Journal (1959-1960) e da revista Casa de las Americas (desde 1965). Em 1977 ele fundou e dirige, até 1986 - o Centro de Estudos Marti. Em 1985 tornou-se membro da Academia Cubana da Língua. Ocupou cargos políticos como deputado à Assembléia Nacional do Poder Popular de Cuba (1998) e membro do Conselho de Estado . Tem sido um júri de prestigiosos prêmios literários.


Fontes:
Wikipédia
Poesia Iberoamericana - Cuba

quinta-feira, 28 de julho de 2011

9º BAIACOOL JAZZ FESTIVAL EM SALINAS


Aberto com uma super apresentação da orquestra de Violoncelistas da Amazônia, na semana retrasada, o 9º Baiacool Jazz Festival apresentou no sábado, 23, o multi-instrumentista Carlos Malta, seguidos dos guitarristas Victor Biglione, argentino radicado no Brasil e Delcley Machado, prata da casa que mostrou o repertório de seu novo CD o recém lançado “Temporal”.
Para o encerramento da programação estarão se apresentando Minni Paulo e Quarteto, Mundo Mambo e o pianista americano Jeff Gardner, fechando assim, com chave de ouro o nosso maior festival de jazz.

Saiba mais "AQUI"

Serviço:
9º Baiacool Jazz Festival.

Dia 30: Minni Paulo Quarteto, Mundo Mambo e o pianista americano Jeff Gardner.

Local: Farol Velho, Salinas.
Entrada franca


Fonte:
Guiart.com.br

quarta-feira, 27 de julho de 2011

GIGANTESCA INSTALAÇÃO DE ARTE NO GRAND PALAIS EM PARIS








Artista Anish Kapoor apresenta esta bela Instalação de Arte no Grand Palais, em Paris.

Formada por três balões interligados, com 35 metros de altura, a escultura Leviathan, tem uma pele roxa e um interior translúcido vermelho.

De dentro, a silhueta do teto do palácio, é visível através da borracha bulbosa na cor vermelha. A escultura foi projetada para o quarto evento Monumenta.

MONUMENTA cada ano, convida um artista de renome internacional para transformar a sua visão no evento, e criar uma nova arte especialmente para este espaço. MONUMENTA é uma interação artística em uma escala sem precedentes, preenchendo 13.500 m2 e uma altura de 35m.

Os visitantes serão convidados a caminhar dentro do trabalho, para mergulhar na cor, o que será uma experiência contemplativa e poética.

Projetado utilizando as mais avançadas tecnologias, o trabalho não vai apenas falar-nos visualmente, mas levará o visitante a uma viagem de descoberta sensorial e mental


Fonte:
maisarquitetura.com.br

segunda-feira, 25 de julho de 2011

HÉLIO LEITES - ARTISTA PARANAENSE




Hélio Leites, um artista de muitas linguagens. Um artista plural.



Sobre o artista:
Hélio Leites é poeta, performer e bottom-maker. Trabalha com objetos como caixinhas de fósforo, botões, rolhas, latas, madeira e restos de material entalhado, que em suas mãos são transformados em personagens que contam histórias, prendendo a atenção de crianças e adultos.

Cursou xilogravura, monotipia, colagem, desenho e cerâmica. Desde 1974 participa de diversas exposições em cidades do Paraná, São Paulo e Goiás, além de ter integrado a Bienal Alternativa na Cidade do México e ostentar o Prêmio Aquisição em Apucarana (PR), em 1975. O artista de múltiplas linguagens tem a arte postal como uma de suas paixões e é conhecido por trabalhar com materiais inusitados, criando performances com caixas de fósforos, retrós de linha, pequenos objetos e, especialmente, botões.

As suas criações expõem sentimentos, ensinam literatura, discutem valores, educam, emocionam e criam laços entre as pessoas, por meio de objetos feitos a partir de lixo. É possível conhecer a história da humanidade nos botões pendurados, chamados carinhosamente por Leites de "parangohélicos" – termo que se refere aos parangolés criados pelo artista plástico brasileiro Hélio Oiticica, na década de 1960. Em um dos espetáculos manipula bonequinhos que ficam na aba do seu boné e contam, por exemplo, a história do descobrimento do Brasil.

A obra de Leites não é estática, vai a escolas, praças, feiras e muitos outros lugares. É munida de um enorme potencial educativo, suscitando idéias e reflexões que vão desde a literatura, ecologia, até conceitos do esporte, tudo através da arte e da história do artista. “Mínimos” retrata, nas palavras de Leites, “a história de um artesão lutando com caixinhas de fósforo, palitos de sorvete e outras miudezas, tentando consertar o jeito do mundo se enxergar e se aceitar”.

Assista um vídeo depoimento de Hélio Leites:


Fontes:
www.bemparaná.com.br
You Tube
Google Images

domingo, 24 de julho de 2011

JAAK BOSMANS EM POEMAGEM

Clique na foto para melhor visualização


Jaak Bosmans foi eleito nosso "Colaborador de Ouro" e tem várias publicações neste espaço.

sábado, 23 de julho de 2011

ADEUS, AMY WINEHOUSE!


A cantora britânica Amy Winehouse foi encontrada morta hoje (23) na sua residência em Londres, que fica no bairro de Camden. O serviço de atendimento médico de urgência foi chamado para o endereço da cantora às 11h54 do horário local. A polícia confirmou que o corpo era de uma mulher de 27 anos, mas ela não resistiu quando a ambulância chegou. Foram enviadas duas unidades de atendimento e a causa da morte ainda não foi confirmada.

O ano de 2003 foi quando Winehouse passou a chamar a atenção da mídia internacional com o seu álbum de estreia Frank. Desde então, escândalos com a cantora envolvendo uso de álcool e drogas eram cada vez mais frequentes, sendo que ela chegou a tentar se livrar dos vícios que cultivava. Uma das músicas mais famosas de Winehouse chama Rehab, o que representa uma abreviação para reabilitação em inglês.

Ainda no mês passado Winehouse deu início a uma nova turnê. O incentivo para voltar aos palcos era justamente para começar uma nova fase da sua carreira. Porém, o primeiro show, marcado para acontecer na Sérvia, mostrou uma Winehouse sem condições de cantar as letras da sua própria música por estar embriagada demais. Quem liderou o espetáculo foi a sua banda de apoio, pois Winehouse conseguia apenas cantar alguns trechos e saiu várias vezes do palco.

A cantora conquistou cinco Grammys em 2006 pelo seu álbum Back to Black, que teve repercussão internacional na sua época de lançamento. A última vez que Winehouse apareceu em público foi na quarta-feira à noite.


Assista o video de um dos últimos shows de Amy Winehouse:



Fontes:
www.noticiasbr.com.br
You Tube

Imagem:
fmanha.com.br

100 ANOS DA DESCOBERTA DE MACHU PICCHU NO PERU






Julho 2011 marca o centenário da descoberta de Machu Picchu (Peru) pelo arqueólogo americano Hiram Bingham. Inscrito na Lista do Património Mundial em 1983 por seus valores culturais e naturais, o santuário histórico de Machu Picchu está sujeita a um acompanhamento atento do Comité do Património Mundial da UNESCO, o que garante a sua preservação, em colaboração com as autoridades peruanas


Fonte:
www.unesco.org

sexta-feira, 22 de julho de 2011

A LIVRARIA MAIS ANTIGA DO MUNDO


A livraria Bertrand do Chiado, em Lisboa, está de portas abertas desde 1732 e é o estabelecimento livreiro mais antigo em todo o Mundo. O atestado, certificado pelo Guiness Book of Records, está agora patente no interior da loja.

Ao longo dos anos, a livraria Bertrand tem sido retiro de escritores e refúgio de revolucionários. As histórias são muitas, nomeadamente as que envolvem conspiradores republicanos. José Fontana (que se suicidou no interior da loja), Antero de Quental e Aquilino Ribeiro são alguns dos "fantasmas" cujas sombras permanecem vivas no interior da Bertrand.

Ontem foi dia de recordar essas histórias e de garantir o futuro da livraria. Paulo Oliveira, administrador do Grupo Bertrand Círculo, proprietário do espaço, disse que a loja do Chiado irá continuar como livraria "por mais 300 anos", já que "representa um património cultural inalienável".

A Bertrand, mais do que uma marca comercial, "simboliza a relação entre o leitor e o livro, em Portugal", disse Paulo Oliveira ao lembrar as muitas tertúlias, lançamentos de livros, colóquios e debates, que constituem um tesouro de vivências culturais daquele espaço.


Fonte:
Associação de Leitura do Brasil

DIA MUNDIAL DA PAZ E DO PERDÃO


Dia Mundial da Paz e do Perdão

Convidamos todos os Kins, com seus familiares, amigos, e simpatizantes, para a celebração do Dia Fora do Tempo, segundo o Calendário das 13 luas, ou Calendário da Paz, à realizar-se no dia 25/07/2011, na Praça Ver-o-rio, Belém do Pará com início as 17.30 hs. e término previsto para as 21.00 hs. Com atividades Místicas, Culturais e Recreativas, como : Prece as sete Direções Galácticas, Experimento de Harmonização com a Mãe Terra , O Chamado Mítico, Danças Circulares, Leitura de Mantras Pessoais, Vendas do livro “Poesias do Oráculo Maia” etc.
Participação aberta ao público presente.

Valdemir Costa

Serviço:
Dia Mundial da Paz e do Perdão

Data:
25.07.2011
Hora:
17:30h
Local:
Praça Ver-O-Rio - Belém do Pará

Imagem:
barcosflores.blogspot.com

quinta-feira, 21 de julho de 2011

EXPOSIÇÃO "CONFESSO QUE VI" - TCHELLO D'BARROS


O Espaço Cultural Corredor da Amazônia convida para a exposição de fotografias Confesso Que Vi, do artista visual e escritor brasileiro Tchello d’Barros.


Sobre o autor:
Tchello d'Barros (Brunópolis SC, 1967) é escritor, artista visual e viajante. Residiu em 12 cidades, percorreu 20 países em constantes pesquisas na área cultural e desde 2010 está radicado em Belém PA, onde produz obras em desenho, pintura, infogravura, fotografia, instalação e poesia visual. Publica textos regularmente em jornais, revistas e sites. Eventualmente ministra palestras, oficinas literárias e cursos de desenho.

Na Literatura, publicou 5 livros de poesia e vários Cordéis. Também publicou contos, crônicas e artigos em mais de 30 coletâneas e antologias. Foi sócio-fundador e presidente da Sociedade Escritores de Blumenau, tendo criado e realizado diversos projetos literários. Foi ainda idealizador e um dos coordenadores do Fórum Brasileiro de Literatura, atualmente na 5ª edição.

Nas Artes Visuais, participou de mais de 60 exposições, entre individuais e coletivas. É curador independente, tendo realizado várias mostras individuais e coletivas. Como designer, desenvolveu criações gráficas para agências de publicidade, desenhos para a indústria têxtil e ilustrações para o meio editorial.

Em Belém, realizou em 2009 a individual de Poesia Visual “Convergências”, na Galeria Graça Landeira, da UNAMA. Em 2011 apresentou no IFPA a individual de fotografias em P&B “Um Mundo Fenomênico”. Atualmente dedica-se a escrever, fotografar e desenhar temas da Amazônia.



Serviço:
Quê: Exposição de fotografias Confesso Que Vi
Quem: Escritor e artista visual Tchello d’Barros
Quando: 21.07.2011 quinta-feira
Início: 20h
Ingresso: Entrada Franca
Visitação: 22.07 à 31.08.11
Horários: 8 às 18h, seg. à sabado
Local: Galeria Ismael Nery | Corredor da Amazônia
Gen. Gurjão, 253 - Campina - Belém - PA


Texto crítico: Renato Gusmão
Montagem: Equipe Corredor da Amazônia
Curadoria: Karlo Rômulo, o Krom

Informações complementares, solicitação de fotos ou agendamento de entrevistas:
Contato c/ o autor Tchello d’Barros: tchellodbarros@yahoo.com.br (91) 8288.9103
Contato c/ o curador Karlo Rômulo: corredordamazonia@gmail.com (91) 3222.5290 e 9623.5320


Fonte:
Renato Gusmão por e-mail

quarta-feira, 20 de julho de 2011

ERIC CLAPTON - GUITARRISTA BRITÂNICO


Há muito sou fã de Eric Clapton. Sua guitarra fez minha cabeça balançar e crescer musicalmente apreciando as notas musicais que ele magistralmente produzia com seu instrumento.
A regravação de "I shot the sheriff" na década de 70 apresentou-me a Eric marcando para sempre o início desse feliz e enriquecedor romance musical.

Agora ele vem ao Brasil para duas apresentações com a sua tournée mundial, no dia 06 em Porto Alegre, no dia 09 no Rio de Janeiro, na HSBC Arena e no dia 12 em São Paulo, no Estádio do Morumbi.

Feliz aquele que puder assisti-lo ao vivo.

Sobre Eric Clapton:
Eric Patrick Clapton CBE (Ripley, 30 de março de 1945) é um guitarrista, cantor e compositor britânico. Apelidado de Slowhand, é considerado um dos melhores guitarristas do mundo.

Embora seu estilo musical tenha variado ao longo de sua carreira, Clapton sempre teve suas raízes ligadas ao blues. Clapton foi considerado inovador pelos críticos em várias fases distintas de sua carreira, atingindo sucesso tanto de crítica quanto de público e tendo várias canções listadas entre as mais populares de todos os tempos.


Fontes:
Wikipédia
Meu gosto musical

Imagem:
guardian.co.uk

terça-feira, 19 de julho de 2011

ZECA TOCANTINS - POETA DA VIDA


CAMINHOS DE NÓS
Zeca Tocantins


Nós
é que somos
os nós

e sendo
a dor de ser
vivemos
a difícil tarefa
de existir.


ARCA
Zeca Tocantins


A poesia
não precisa de limites.

Navega nas veias
do poeta
a arca de Noé.

Guardião de todos
os sonhos - ele resiste.


MERCANTILISMO
Zeca Tocantins

A mente humana
navega as amabiciosas
águas do capitalismo.
Procelas de células
banzeiros de bens
e o homem naufraga
humanamente.


MENINA-MOÇA
Zeca Tocantins

Em pétalas
o Sol desnudou-se.
A luz
que a manhã vestindo
abraça menina-moça
à vida-flor
se abrindo.



Zeca Tocantins

Forjo do pó
um poema
ágil feito pé de ema
mergulha o ventre do mundo
e sai da boca da gente
despido de hipocrisia
- cristalino.
Poema é pó poesia
versos virando semente.


SONHOS
Zeca Tocantins

Quando criança
pensava ser adulto.
Tanto sonhei
que realizei.
Adulto
tentei ser criança
mas já avia perdido
a capacidade de sonhar.


AUSÊNCIA
Zeca Tocantins

Consumimos
todas as palavras.

Ficaram apenas os gestos
impressos nos objetos da casa.

Escrevendo um poema
de pura ausência.


TRAVESSIA
Zeca Tocantins


Nunca atravessei o mar
Neruda
mas já atravessei o rio
Tocantins.

Ali, quando criança exercitei meus sonhos.

Inventei a guerra
naufraguei navios
disparei torpedos
contra os inimigos
que assustavam
o peixe do meu anzol.



Sobre o autor:
José Bonifácio Cezar Ribeiro – Zeca Tocantins- nasceu em Xambioá (TO) em 14/05/1958. Reside em Imperatriz (MA) desde 1963. Autodidata. È cantor, compositor, poeta e contista. Membro da Academia Imperatrinzense de Letras.


Fontes:
Jornal de Poesia
www.limacoelho.jor.br

sábado, 16 de julho de 2011

SILVIA LOBO -"'MEADMIREMIRITI"





"É COMO SE EU DESCOBRISSE QUE A FORÇA ESTEVE O TEMPO TODO EM MIM É COMO SE ENTÃO DERREPENTE EU CHEGASSE AO FUNDO DO FIM DE VOLTA AO COMEÇO"(Silvia Lobo)

Nossa querida e maravilhosa cantora Silvia Lobo foi-se embora ontem, 15 de julho, mes de sol e quando floresce o miriti.

Jamais te esqueceremos, Horrívia!


Assista Silvia Lobo cantando aqui:



Fonte:
O nosso coração

quinta-feira, 14 de julho de 2011

LÍGIA SAAVEDRA - "O PECADO DO MUNDO"


O PECADO DO MUNDO


E quem é essa mulher?
Valente e bela
Tendo Ele próprio dito aos seus:
“Como é possível que eu não vos ame tanto quanto a ela”.

"É Madalena".
Descubro-a de Jesus companheira
E ouvidos tenho para ouvir

E se em janeiro meu coração outubra
Levo-me até onde a Paz foi gerada
E o encontro aonde o procuro.

Oro a Aparecida.
Oro a Nazaré.
E encontro a Maria.

E como disse o Senhor:
“Todas as criaturas estão unidas”
Sinto-me essência dessa matéria.

E daqui em diante serei silêncio...


LÍGIA SAAVEDRA

Publicado no Overmundo em 17/1/2008


Para Maria Madalena

Dia 22 de julho a Igreja celebra a memória desta mulher que teve um grande encontro em sua vida. O seu grande amor por Jesus a transformou de pecadora a verdadeira discípula e anunciadora do maior mistério cristão A Ressurreição do Senhor. Maria Madalena não viveu contando as mágoas de sua experiência dolorosa de vida que a fez uma pecadora publica, mas agarrou a oportunidade dada por Jesus de escrever o capitulo mais fantástico da historia da humanidade: A capacidade do Amor de vencer a morte e o ódio para triunfar a vida. Disse ela aos discípulos: “Eu vi o Senhor!” (Jo 20,18).


Imagem:
caius-santachiesa.blogspot.com

quarta-feira, 13 de julho de 2011

"CHAMA VEREQUETE" NO SESC


Dia 14/07(Quinta), às 19h, Coquetel de lançamento do CD “Chama Verequete” com apresentação do Grupo Uirapurú e exibição do curta-metragem DO MESMO NOME.

domingo, 10 de julho de 2011

ARTESANATO PARAENSE


Imagem:
souparaense.com


O nosso artesanato rico e diversificado sempre encanta a quem o conhece e até mesmo para nós, os nativos, acostumados a visualiza-lo com frequencia.
Composto por cerâmica marajoara, jóias, plumagens, xilogravuras, peças e brinquedos de miriti(palmeira amazônica) cada vez é mais difundido mundo a fora.

"Texturas, cores, materiais e formatos variados compõem a rica e diversificada cultura do Pará. O artesanato é marcado por peças inspiradas nas milenares civilizações indígenas e jóias produzidas com matérias primas encontradas na própria natureza que reproduzem não só a criatividade dos artesãos, mas um pouco do que é o Pará."( souparaense.com)

sábado, 9 de julho de 2011

TEATRO INFANTIL PARA CRIANÇAS COM ENTRADA FRANCA. APROVEITEM!


Crianças têm programação no domingo, a partir das 17h, no Anfiteatro da Estação das Docas

As crianças que não saíram de Belém podem se animar que a Estação das Docas tem uma programação imperdível neste domingo (10), com a apresentação do Tio Salgadinho e o Grupo de Dança Astral. O evento que começa a partir das 17 horas no Anfiteatro São Pedro Nolasco, promete tirar grandes gargalhas da criançada e mostrar as danças típicas da Amazônia.

“O Tio Salgadinho faz apresentação do Grupo de Dança Astral que mostra as nossas lendas. Nessa apresentação das danças são cercas de vinte crianças, incluindo crianças especiais que dançam”, conta a coordenadora o Grupo de Dança Astral, a professora Léa Nunes.

Segundo a professora é gratificante fazer esta apresentação na Estação. “Há quatro anos nossas crianças fizeram um show aqui e agora retornam super felizes porque elas acham importante apresentar na Estação”, conta.


Serviço:
Tio Salgadinho e Grupo de Dança Astral

Data: 10 de julho (Domingo)
Hora: a partir das 17 horas
Local: Anfiteatro da Estação das Docas
Entrada Gratuita


Fonte:
Guiart.com.br

sexta-feira, 8 de julho de 2011

NERY RIBEIRO - UM TALENTO AMAZÔNICO EM LISBOA


Lígia, a foto tirada pelas lentes de Rita Pestana, no dia 18 de junho do corrente, mostra a minha partucipação no "Lisboa Fest Faz Música", evento a qual fui convidado pela Casa do Brasil de Lisboa para integrar a grade de músicos brasileiros e que contou com mais de 30 atrações musicais divididas em diversos pontos desta charmosa cidade. No caso, toquei no lindo Jardim da Estrêla próximo ao centro de Lisboa, acompanhado por uma baterista brasileiro.

Mostrei composições próprias, o fino da M.P.B e, claro, música Amazônica. Não é a toa que batizei o meu projeto de "Concerto Mais Brasil- Da Amazônia para o Mundo", sou da Amazônia e trago comigo a música da minha região e conto histórias sobre a música brasileira de qualidade de autores consagrados que marcaram uma época.
É pra vocês curtirem e continuarem torcendo por este amigo.

Nery Ribeiro


Sobre Nery Ribeiro:
Produtor Cultural, Músico, Atendimento Publicitário e Membro da Abrasoffa (SP, Brasil), atuando desde 1991, em Belém do Pará-Brasil. Cidade atual: Lisboa.

"Fercy Nery é um talentoso jovem amante das artes e ferrenho defensor dos valores da enigmática e ainda desconhecida Amazônia. Sem medir esforços e com destemor próprio dos homens que sabem o que querem, este produtor cultural e publicitário tem se desdobrado para abrir espaços,superar dificuldades e se preciso for "matar um gigante por dia" para difundir, solidificar e fazer reconhecidos outros artistas que, igualmente a ele,enfrentam barreiras no meio no qual atuam. Sua luta, apesar de árdua,não tem sido em vão, pois eventos, inclusive internacionais, aconteceram em várias oportunidades Certo de que somente os fortes e destemidos vencem,Nery promete continuar essa batalha e o quanto antes, erguer e fincar a bandeira de vencedor desta guerra".(NILTON GUEDES,RADIALISTA, JORNALISTA,ASSESSOR DE COMUNICAÇÃO DA SECRETARIA DE CULTURA DO ESTADO DO PARÁ-SECULT,COLABORADOR DA REVISTA AMAZON VIEW)

Desejamos sucesso a este nosso talentoso artista amazônida.

quinta-feira, 7 de julho de 2011

AGENDA "JULHO COM ALBA MARIA"


Clique na foto para ampliar.

FESTA LITERÁRIA INTERNACIONAL DE PARATI


A 9ª edição da Festa Literária Internacional de Paraty, a Flip 2011, que acontece até domingo na cidade colonial de Paraty, no litoral fluminense, está apostando nos autores nacionais. As primeiras atrações a terem ingressos esgotados na Flip são as mesas com João Ubaldo Ribeiro e Antonio Candido.
O homenageado deste ano é Oswald de Andrade (1890-1954), intérprete que fundou uma brasilidade que valoriza a nossa cultura. Entre os convidados, apesar das preferências nacionais, há um certo equilíbrio: são 18 convidados estrangeiros e 15 brasileiros. Nas edições anteriores a diferença era maior, privilegiando os autores de fora.


Fontes:
Correio do Brasil
Imagem:
Brasil Cultura.com.br

FESTIVAL CULTURA DE VERÃO

Os espetáculos do Festival Cultura de Verão colocam em um mesmo palco várias linguagens musicais de vanguarda e ritmos diferenciados, como o carimbó, instrumental, rock e a guitarrada. Mais de 50 profissionais da Rede Cultura de Comunicação trabalham na preparação nesta quinta edição que tem a participação de cerca de 200 artistas.

A boa mistura musical, que já provou ser bem sucedida, em eventos como o ‘Terruá Pará’, será mais uma vez colocada em prática. E tudo com transmissão ao vivo pela TV, Rádio e Portal Cultura para que ninguém perca as atrações que serão exibidas. É só ficar ligado e curtir esse verão com muita música!

Acompanhe os shows:

Belém: 05, 06, 12, 13, 19, 20, 26 e 27/07
Salinas: 09 e 10/07
Abaetetuba: 15 e 16/07
Bragança: 22 e 23/07
Marabá: 29 a 31/07

Saiba mais "AQUI"

Fonte:
Portal Cultura

quarta-feira, 6 de julho de 2011

LENDAS AMAZÔNICAS - "A COBRA GRANDE"


LENDA DA COBRA GRANDE



A lenda da cobra Honorato ou Norato é uma das mais conhecidas sobre cobra grande (ou boiúna) na região amazônica. Conta-se que uma índia engravidou da Boiúna e teve duas crianças: uma menina que se chamou de Maria e um menino chamado de Honorato. Para que ninguém soubesse da gravidez, a mãe tentou matar os recém-nascidos jogando-os no rio. Mas eles não morreram e nas águas foram se criando como cobras. Porém, desde a infância os dois irmãos já demonstravam a grande diferença de comportamento entre eles. Maria era má, fazia de tudo para prejudicar os pescadores e ribeirinhos. Afundava barcos e fazia com que seus tripulantes morressem afogados. Enquanto seu irmão, Honorato, era meigo e bondoso. Quando sabia que Maria ir atacar algum barco, tentava salvar a tripulação. Isso só fazia com que ela o odiasse mais ainda. Até que um dia os irmãos travaram uma briga decisiva onde Maria morreu tendo antes cegado o irmão.

Assim, as águas da Amazônia e seus habitantes ficaram livres da maldade de Maria. E Honorato seguiu seu caminho solitário. Sem ter quem combater, Honorato entendeu que seu fado já havia sido cumprido até demais e resolveu pedir para ser transformado em humano novamente. Para isso, precisava que alguém tivesse a coragem de derramar "leite de peito" (leite de alguma parturiente) em sua enorme boca em uma noite de luar. Depois de jogar o leite a pessoa teria que provocar um sangramento na enorme cabeça de Honorato para que a transformação tivesse fim.
Foram muitas as tentativas, mas ninguém conseguia ter tanta coragem. Até que um soldado de Cametá, município do interior do Pará, conseguiu reunir coragem para fazer a simpatia. Foi ele quem deu a Honorato a oportunidade de se ver livre para sempre daquela cruel maldição de viver sozinho como cobra. Em agradecimento, Honorato virou soldado também.
Mas a lenda da cobra grande originou várias outras histórias. Uma delas, do estado de Roraima, tem como cenário o famoso rio Branco. Conta-se que a cunhã poranga (índia mais bela da tribo) apaixonou-se pelo rio Branco e, por isso, Muiraquitã ficou com ciúme. Para se vingar, Muiraquitã transformou a bela índia na imensa cobra que todos passaram a chamar de Boiúna. Como ela era tinha um bom coração, passou a ter a função de proteger as águas de seu amado rio Branco.

Existem ainda algumas crenças que buscam explicar a existência de cobras grandes na região Amazônica. Acredita-se, por exemplo, que quando uma mulher engravida de uma visagem a criança fruto desse terrível cruzamento está predestinada a ser uma cobra grande. Essa crença é bastante comum entre as populações que habitam as margens dos rios Solimões e Negro, no Amazonas. Há ainda quem acredite que a cobra grande pode nascer de um ovo de mutum. Existe ainda outra versão, mais comum no estado do Acre, sobre uma cobra grande que parece ser a versão feminina do boto. Segundo essa lenda, a cobra grande se transforma numa bela morena nas noites de luar do mês de junho para seduzir os homens durante os arraiais de festas juninas.
Há ainda os que contam que a cobra grande pode algumas vezes parecer um navio para assustar os ribeirinhos. Refletindo o luar, suas enormes escamas parecem lâmpadas de um navio todo iluminado. Mas quando o "navio" chega mais perto é possível ver que na verdade é uma cobra grande querendo dar o bote.Em Belém, há uma velha crença de que existe uma cobra grande adormecida embaixo de parte da cidade, sendo que sua cabeça estaria sob o altar-mor da Basílica de Nazaré e o final da cauda debaixo da Igreja de Nossa Senhora do Carmo. Outros já dizem que a tal cobra grande está com a cabeça debaixo da Igreja da Sé, a Catedral Metropolitana de Belém, e sua cauda debaixo da Basílica de Nazaré.
Os mais antigos dizem que se algum dia a cobra acordar ou mesmo tentar se mexer, a cidade toda poderá desabar.
Por isso, em 1970 quando houve um tremor de terra na capital paraense falava-se que era a tal cobra que havia apenas se mexido. Os mais folclóricos iam mais longe: "imagine se ela se acorda e tenta sair de lá!".

O folclorista Walcyr Monteiro conta, após décadas de estudo sobre manifestações folclóricas da Amazônia, que em Barcarena (PA) existe o lugar conhecido como "Buraco da Cobra Grande",
considerado atração turística do local.


Fontes:
Bethcruz.blogspot.com
Google Images

segunda-feira, 4 de julho de 2011

"A LEGIÃO NEGRA" - OSWALDO FAUSTINO


Romance histórico do jornalista Oswaldo Faustino aborda uma faceta pouco conhecida da história nacional: a participação voluntária de um grande número de afro-brasileiros a Revolução Constitucionalista de 1932, contra o regime de Getúlio Vargas a quem, contraditoriamente, grande parte desses combatentes reverenciava como “pai dos pobres”.

A cada capítulo, Faustino recria os valores de uma época pautada pelo patriotismo, mas també...m por um intenso preconceito racial. Um dos méritos do livro é mostrar que, apesar de alijados de direitos e com chances mínimas de ascensão social, milhares de negros aderiram a uma causa estranha à sua realidade – causa que, embora justa, traria ínfimas mudanças à sua situação de excluídos. “Poucos brasileiros sabem que esses bravos batalhões existiram. Infelizmente, o protagonismo negro continua fora da história oficial”, afirma Faustino.


Sobre o autor:
Oswaldo Faustino é jornalista com passagem pela Folha de SP, pelo Estadão (por 26 anos) e outros jornais, como o Diário Popular, onde foi editor de Cultura/ Variedade.Trabalhou em rádios, TVs, revistas. Atualmente, colabora para a revista Raça Brasil. Aposentado, dedica-se à literatura e já publicou alguns livros.

Editora: Selo Negro/ Summus


Serviço:
Horário: 20 julho 2011 de 19:00 a 22:30
Local: Livraria Martins Fontes, Avenida Paulista, 509. São Paulo
Rua: Avenida Paulista, 509, São Paulo
Cidade/estado São Paulo

Produzido por: Lia Helena Giannechini

Fonte:
Lia Helena Giannechini por e-mail

A LINDA POESIA DE RONALDO FRANCO EM NOTAS MUSICAIS


Ronaldo Franco não carece de maiores apresentações por estas bandas do Norte brasileiro já que sua poesia nos encanta nos livros até então publicados, na sua coluna no Jornal o Diário do Pará, no seu Blog e nas redes sociais por onde circula, mas hoje nos surpreendeu com a beleza desse vídeo produzido por Suelen Geber e musicado por Galdino Pena que aqui reproduzo. Confira!


Assista, ouça e delicie-se com esta linda música-poema:


Repouso no Coração (Ronaldo do Franco)

Faça o favor
não me ame depressa
nem conte os dias
nos meus beijos
não some o amanhã
nos meus desejos
não veja a hora
em meu corpo
nem tardes no meu olhar.

Vê se lembra da minha voz
sem carinhos com endereços
não tenha pressa com palavras
não gaste o amor
meu bem
não gaste o amor
no começo
meu bem.


Fonte:
Meu coração

domingo, 3 de julho de 2011

AMAZÔNICA ELEGÂNCIA EM MACAPÁ - AP


Reunindo grandes nomes da música do Norte do Brasil em julho este evento presenteará os macapaenses com a elegância musical da Amazônia.

Não perca!

sábado, 2 de julho de 2011

POP ART




Trata-se de um estilo artístico baseado no reprocessamento de imagens populares e de consumo.

Surgiu a partir do final dos anos 50, principalmente na Inglaterra e Estados Unidos (Londres e Nova York eram seus principais centros) e recebeu esse nome pelo crítico Lawrence Alloway.

A princípio, o movimento parecia centrar-se numa provocação e rompimento radical com as belas-artes. À medida que novos artistas começam a utilizar-se do estilo, parece começar a haver uma compreensão maior de seus objetivos de exploração dos potenciais da arte gráfica comercial, principalmente notado no trabalho de Andy Warhol.

WARHOL (Andrew WARHOLA, dito Andy), artista plástico norte-americano (Pittsburgh, 1929 - Nova York, 1987), um dos fundadores da arte pop.


Fontes:
Pitoresco.com.br
Imagens:
We are Beautiful!!: Pop art!

UNESCO - NOVA LISTA DE PATRIMÔNIO CULTURAL

M. Ghadiri & Archive, Bagh e Chechel Sotun general view, Jardim persa - Iran


Forte Jesus - Mombasa - Kenia


35 º Comité do Património Mundial

Na sua 35 ª reunião, o Comitê para sites da UNESCO do Património Mundial inscritos na Lista do Património Mundial nova e discutiu o estado de conservação dos bens inscritos. Também revisou os sítios inscritos na Lista do Património Mundial em Perigo. Aqui estão fotos de alguns dos sítios inscritos este ano. Estas fotografias podem ser usadas gratuitamente indicando o autor UNESCO e nome do autor, se for o caso.

Atualizando a Lista de Património Mundial

Os novos sites naturais são:

Ningaloo Coast (Austrália)
Lago do sistema do Grande Vale do Rift (Quênia)
Ogasawara Islands (Japão)


Para visualizar todos os sítios culturais clique "AQUI"




Fonte:
Unesco

COPIE E LEVE COM VOCÊ O NOSSO BLOG E A COR DO AÇAÍ.

BannerFans.com

Recado

Paixaoeamor.com