Ajuruteua

Ajuruteua

domingo, 31 de outubro de 2010

"CARLOS"


Dirigido por Olivier Assayas ("Horas de Verão"), "Carlos" originalmente foi uma minissérie para a TV francesa, dividida em três episódios, com locações em diversos países, elenco internacional e orçamento inflado – 14 milhões de euros. Montado para o Festival de Cannes, o longa-metragem mastodôntico levantou certa poeira por ser um representante da televisão no solo sagrado do cinema. A polêmica não faz o menor sentido, no entanto, já que não há nada da estética televisiva ali – só critica quem não viu.

Ilich Ramírez Sánchez, ou Carlos, seu nome de guerra, também ficou conhecido como Chacal. Um dos terroristas mais famosos e procurados da Europa na década de 1970 e 1980, nasceu na Venezuela, filho de um advogado marxista. Teria recebido treinamento paramilitar ainda na adolescência, em Cuba, e aos 20 anos foi para a universidade em Moscou, de onde foi expulso. Alinhou-se com militantes da Frente Popular para a Libertação da Palestina, com bases na Jordânia e Iemên, e de lá levou a luta armada para Paris, onde a história começa.

Com o mesmo sobrenome e também venezuelano, Édgar Ramírez interpreta o personagem principal com garbo. Cheio de si, forte, conquistador, no início Carlos fala com paixão e arrogância da revolução que está por vir. Articula uma rede de células revolucionárias na Alemanha, Japão e Oriente Médio. Atentados a bomba e execuções são frequentes, executados com cálculo e frieza. Ele não brinca em serviço.


Foto: Divulgação
Carlos no início da década de 1970
Depois de matar sozinho três policiais e um traidor do bando, vira estrela na imprensa francesa e parte para seu trabalho mais ambicioso: a invasão, em 1975, de uma reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) em Viena. Sequestrou ministros do mundo inteiro, conseguiu um avião e depois de receber um resgate milionário, saiu ileso.

A trajetória de Carlos segue em ritmo vertiginoso – a vontade de sair da sala para ir ao banheiro fica em segundo plano; em primeiro, a ânsia de saber para que lado o terrorista vai. Sim, porque o jogo de bastidores para financiar sua organização e fornecer armas é intenso: Síria, Iraque (Saddam Hussein era seu "fã"), Alemanha Oriental, Líbano, União Soviética... Os interesses vão e vem ao longo dos anos, numa pungente dança da cadeiras. A mensagem clara do roteiro de Assayas e Dan Franck é que a política internacional vive de uma hipocrisia eterna. Carlos acaba indo para o mesmo lado.

De herói inescrupuloso, mas comprometido com a revolução, se transforma num mercenário narcisista e sem lar, que nenhum antigo aliado quer proteger na década de 1990, quando era o terrorista mais procurado do mundo. Alcoólatra, obeso, mulherengo – a transformação física de Édgar Ramírez impressiona –, foi capturado no Sudão em 1994 e condenado à prisão perpétua.

Apesar da ação constante, "Carlos" é didático com personagens, lugares e figuras históricas. Mesmo com a quantidade de gente que passa pela tela ao longo das horas, o espectador permanece consciente do que está acontecendo. Melhor ainda: imerge na realidade do protagonista, sem necessariamente criar empatia por ele e seus ideais. Assayas produziu um épico moderno, à altura de clássicos como "Estado de Sítio" (1972), de Costa-Gavras. No caso, multiplicado por três.

Assista o trailler apresentado em Cannes:


Serviço – "Carlos" 34ª Mostra de São Paulo
Direção de Olivier Assayas (França), 330 minutos
Elenco: Kaabour Ahmad, Alexander Scheer, Edgar Ramirez, Juana Acosta, Nora von Waldstätten
Unibanco Arteplex 2, 30/10 (sábado), 20h00, sessão 825
Cinemateca - Sala BNDES, 02/11 (terça), 16h30, sessão 1144

Elenco: Kaabour Ahmad, Alexander Scheer, Edgar Ramirez, Juana Acosta, Nora von Waldstätten

Fonte:
Ultimo Segundo
You Tube

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

O DIA DAS BRUXAS




Criado pelos Celtas seis séculos antes Cristo o Dia das Bruxas ou Halloween, 31 de outubro, marcava o fim do verão no Hemisfério Norte e era festejado com muita música e dança.
A origem do halloween remonta às tradições dos povos que habitaram a Gália e as ilhas da Grã-Bretanha entre os anos 600 a.C. e 800 d.C., embora com marcadas diferenças em relação às atuais abóboras ou da famosa frase "Gostosuras ou travessuras", exportada pelos Estados Unidos, que popularizaram a comemoração. Originalmente, o halloween não tinha relação com bruxas. Era um festival do calendário celta da Irlanda, o festival de Samhain, celebrado entre 30 de outubro e 2 de novembro e marcava o fim do verão(samhain significa literalmente "fim do verão").A celebração do Halloween tem duas origens que no transcurso da História foram se misturando:

Aqui no Brasil ainda é pouco conhecido, mas já começa a ser comemorado principalmente entre os mais jovens por influência dos filmes e da TV.

Fontes:
Wikipédia
Google Images
Google Pesquisa

ESCULTURA - DOR



Dor!

Expressão do desagrado,
desconforto,
desgosto,
angústia,
medo.
A dor,
não possui uma só expressão,
mas múltiplas faces.
Nessa escultura,
o esboço imperfeito de uma delas.
Aquela mais próxima
do choro,
da tristeza,
do lamento.
Dor presente ao longo do sempre!

Mateus Lopes

Diz Lígia Saavedra:

"Na dor não há poesia
lágrimas não choram por mim
o grito para ninguém
escuta a agonia
desfaz-se o corpo
constrói a alma" (Lígia Saavedra 29.10.2010)

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

DÉCIO SONCINI - EXPOSIÇÃO "FRAGMENTOS"



O artista paulista Décio Soncini retorna a Belém para apresentar sua exposição individual “Fragmentos”, composta por uma série de vinte e três pinturas em formatos variados.
“Já há algum tempo tenho me sentido perdido entre os tantos caminhos da arte contemporânea, a opção de empreender uma viagem aos cantos e recantos do meu entorno tentado, assim, um novo olhar sobre os objetos e referências do meu cotidiano, foi reconfortante e até desafiador”, explica Soncini.A exposição é resultado desta tentativa. Nela, são personagens: xícaras, bules, pincéis, cadeiras, janelas que revelam fragmentos do mundo externo; rabiscos e um livro aberto com uma imagem de preferência do leitor ou alguns delírios, que são fruto de alguma referência literária.

Sobre o artista:

Décio Soncini Jr.SÃO PAULO - 1953
Licenciatura em desenho e plástica e Bacharelado em gravura pela FACULDADE BELAS ARTES DE SÃO PAULO

Serviço:
Exposição “Fragmentos”, de Décio Soncini
Visitação: até 30 de novembro
Horário: segunda a sexta, das 10 às 13h e das 15 às 19h
sábados, de 10 às 14h
Local: Elf Galeria – Passagem Bolonha, 60 (Nazaré)Belém-PA
Informações: (91) 3224-0854


Fonte:
Guiart.com.br

SERGE GAINSBOURG - VIE HEROIQUE




Sinopse:
Serge Gainsbourg, um jovem judeu, vaga por uma Paris ocupada pelos alemães; um novo e tímido poeta que deixa para trás suas pinturas e seu quarto para encantar o público de clubes noturnos nos turbulentos anos 60. É uma vida “heróica”, onde as criaturas de sua cabeça ganham corpo na tela, e sua eloquência combina com seus escandalosos casos de amor, como os que teve com as divas Jane Birkin e Brigitte Bardot. Desses elementos nasce um trabalho subversivo que cresce e agita o mundo inteiro.

O cantor francês Serge Gainsbourg desembarca nesta quinta-feira (28) na programação da 34ª Mostra Internacional de São Paulo. Exibido este ano na França, onde foi visto por mais de um milhão de pessoas, "Gainsbourg - Vida Heróica" retrata a vida conturbada do cantor, desde sua infância numa Paris ocupada pelos nazistas, passando pelo sucesso na década de 1960 e a morte aos 62 anos. O papel de Gainsbourg ficou a cargo do ator Éric Elmosnino, um sósia impressionante. Casos célebres e tórridos do cantor com Brigitte Bardot e Jane Birkin não foram poupados.

Assista ao trailler do filme:


Título Original: Gainsbourg - Vie Héroïque
País de origem: EUA, França
Gênero: Ficção
Ano: 2010
Diretor: Joann Sfar
Película: 35mm
Formato: Cor & PB
Duração: 130 min.

Fonte:
34ª Mostra Internacional de Cinema

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

I BIENAL INTERNACIONAL DE ARTE DE RUA



O MAC (Museu de Arte Contemporânea) irá hospedar a I Bienal Internacional de Arte Rua em São Paulo, O evento reunirá 50 nomes nacionais e internacionais. O artista Rui Amaral cuida da curadoria junto aos também grafiteiros Celso Gitahy, Binho Ribeiro, Ozéas Duarte, Samir Mauad, Tikka Meszaros e Tinho.

Bienal Internacional De Arte De Rua from Jared Levy Media on Vimeo.



Fontes:
Google Pesquisa

terça-feira, 26 de outubro de 2010

GIGI FURTADO



Show “Tributo à Clara Nunes – Conto de Areia”

Dirigido por Gigi e pelo músico Lenilson Albuquerque, conta com participações de Adriana Cavalcante, Iara Mê, Nean Galuccio, Júlio Freitas, Marisa Black e do ator Carlos Vera Cruz.
Para acompanhar Gigi Furtado foram convidados os músicos Alexei Moreira (baixo), André Brasil (bateria), Franklin Furtado e Rafael Barros (percussão) e Lenilson Albuquerque (teclado).

Sobre a cantora:
Gigi Furtado é paraense, educadora, atriz, compositora e cantora erudita e popular.
Há doze anos cantando na noite paraense, com uma voz de registro marcante aliada a grandes interpretações, Gigi faz com que seus shows sejam bastante aplaudidos e bisados.


Assista aqui um vídeo de Gigi Furtado:


Serviço:
Show Tributo à Clara Nunes - Conto de Areia
Local:
Teatro Claudio Barradas
Dia:
20.10.2010
Hora:
21:00h

Ingressos antecipados a R$10,00 na loja Ná Figueredo
e nos telefones 8174 5567 e 9198 6794

Fontes:
You Tube
Glaíde Carvalho via Orkut
Google Images

Diz, Lígia Saavedra:
Há tempos não via nascer uma estrela aqui por essas bandas.
Chegou GIGI FURTADO.

MÁRIO VARGAS LLOSA



Uma impressora de Madri trabalha a todo vapor para que "O sonho do celta", o novo livro do peruano Mario Vargas Llosa, saia às livrarias no dia 3 de novembro com uma primeira tiragem digna do último Nobel de Literatura: 250 mil exemplares na Espanha, a mesma quantidade em diversos países da América.

Cada volume guarda as 138.923 palavras do original, entregue por Vargas Llosa no último mês de junho, tão limpo que estava "praticamente pronto para imprimir", lembrava nesta segunda-feira Pilar Reyes, diretora da editora Alfaguara, durante uma visita à imprensa de Pinto (sul de Madri) para ver os primeiros exemplares que saíam das máquinas.

Segundo a editora proprietária da obra nos países de língua espanhola, para as 250 mil cópias foram utilizados 160 mil quilos de papel, 902 quilos de tinta e 900 mil metros de linha para sua encadernação, assim como 120 horas de impressão.

Alguns trabalhos precisaram ser interrompidos no dia 7 de outubro para incluir, com orgulho, na capa, a menção "Prêmio Nobel de Literatura 2010".

Mas a concessão a Vargas Llosa do maior prêmio das letras teve uma consequência ainda mais profunda, revelou Pilar Reyes: a duplicação de uma tiragem que, sem o Prêmio, teria rondado os 110 mil exemplares.

Entretanto, graças ao "efeito Nobel" e à proximidade do Natal, Alfaguara acredita que a gigantesca tiragem inicial acabará sendo insuficiente.

"Estou certa de que reimprimiremos muito", previa Reyes sobre as 460 páginas de "O sonho do celta", que narram a história do diplomata irlandês Roger Casement e sua denúncia dos abusos do colonialismo ocidental no Congo belga e na Amazônia.

Seu preço de venda na Espanha será de 22 euros e na América oscilará entre 15 e 17 dólares. Os 250 mil primeiros exemplares americanos foram impressos no México (80 mil cópias), Colômbia (80 mil), Argentina (30 mil), Peru, Chile e EUA (20 mil em cada um).

No dia 3 de novembro, Mario Vargas Llosa apresentará o livro em uma coletiva de imprensa.

Fonte:
Ultimo Segundo

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

PEDRINHO CAVALLÉRO




Há alguns anos o cantor e compositor paraense Pedrinho Cavalléro homenageia o Poetinha com o show "Vinícius, Saravá!".
Neste 2010 a temporada no Bar Teatro Vitrola está sendo um enorme sucesso e com participações especialíssimas.

Vale à pena você conferir!


Sobre o músico:
Pedrinho Cavalléro, paraense nascido em Belém, compositor, músico, intérprete, publicitário e produtor cultural .

Vindo de uma família de músicos é sobrinho neto do grande maestro Theóphilo de Magalhães, criador do Hino do Soldado e neto da professora de piano Zezé de Magalhães Cavalléro.


Com quase trinta anos de carreira, começou a compor aos doze anos em 1971 no festival de música do colégio Deodoro de Mendonça , depois em outros colégios, daí dá um salto para eventos similares que marcaram à história da música popular paraense e de outros estados.

O músico tem dois Cd's lançados e diversas participações em coletâneas, Cd's de Festivais e em Cd's de outros compositores.

Veja aqui um pouco mais de Pedrinho Cavalléro:



Diz, Lígia Saavedra:

Pedrinho Cavalléro é nosso parceiro na música "Cristais de Saudade" e também o Produtor Musical do nosso Cd "Além dos Muros" que tanto nos orgulha.

Sucesso, querido!

GRITO COMUNERO POR LA HUMANIDAD Y LA MADRE TIERRA




COLOMBIA-Santander-Bucaramanga:

A todos los y las poetas del mundo y a todos aquellos, que desde las letras militan con la belleza transformadora, va mi grito de batalla poética desde la tierra de los comuneros, cuna de libertad de América.

La poesía viene haciendo camino, las ideologías nos ofrecieron democracia, las doctrinas económicas nos prometieron riqueza para las naciones, las religiones, nos predicaron la tierra prometida... y todo para quién?, solo unos pocos son los beneficiarios mientras la humanidad muere entre proyectiles y una tierra agónica y sedienta.
La poesía es el oasis, el maná, el arco iris, el faro que ilumina el camino al puerto seguro de los anhelos verificables... es decir a la felicidad que es el fin último de la humanidad... la felicidad, único bien que admite el reparto por igual.
Cada poeta es un misionero... un rapsodia de la buena nueva y cada encuentro es un templo sagrado para predicar la parábola del compromiso.
En Santander Colombia entre el 20 y 27 de noviembre de 2010, pasando por Bogotá y Cartagena, los poetas del mundo y más, cantaremos himnos de liberación... ven júntate con nosotros en este coro universal
PUEDES BUSCAR INFORMACIÓN EN :
http://psfcolombia.blogspot.com/

Valor del aporte de participación:
Poetas del Mundo= 795 Dólares
Otros= 995 Dólares
CUBRE: hoteles, transportes internos, alimentación diaria, credenciales, documentos oficiales del evento, carpeta [portafolios], libro antología de poetas participantes, certificado, registro de voz y texto en el proyecto EL LIBRO TOTAL [www.ellibrototal.com] y memoria fotográfica.

Condiciones de consignación:

Preinscripción USD 200 con plazo máximo a 10 de Noviembre de 2010
Saldo al momento de registrarse el día 20 de Noviembre de 2010-10-24



CONTACTO:
HERNANDO ARDILA GONZÁLEZ - Nando -

hargo821@hotmail.com
Cel [57] 300 346 43 07

LUIS ARIAS MANZO
info@poetasdelmundo.com

Por Hernando Ardila Gonzáles

TERRA DEU, TERRA COME



Elogiado por grandes nomes do documentário brasileiro, como João Moreira Salles e Eduardo Coutinho, "Terra Deu, Terra Come" foi premiado no É Tudo Verdade e no Festival de Gramado, seguindo em cartaz nos cinemas de São Paulo como um filme ao qual o público ainda não deu o devido reconhecimento. Pois agora há mais um motivo para que você vá conferir o belo trabalho do diretor Rodrigo Siqueira.

"Terra Deu, Terra Come", que recria através de um funeral o sertão mítico de Guimarães Rosa, acaba ser premiado no Festival de Leipzig, na Alemanha, um dos mais prestigiados do formato, em todo o mundo. O filme recebeu o prêmio de 10 mil euros para jovens talentos, mesmo valor dado ao melhor documentário do evento, o sueco "Vodka Factory". Também da América Latina, "El Edificio de Los Chilenos", de Macarena Aguiló, obteve uma menção honrosa.

Assista o trailler:




Fontes:
ultimosegundo.ig.com
UOL Mais

domingo, 24 de outubro de 2010

NEI LISBOA - VAPOR DA ESTAÇÃO



Show "Vapor da Estação" com Nei Lisboa

O grande Nei Lisboa está em turnê nacional para comemorar 30 anos de carreira, mostrando junto com sua banda canções como “Pra Viajar no Cosmos Não Precisa Gasolina” e “Verão em Calcutá”.



Sobre o cantor:
Nei Tejera Lisbôa (Caxias do Sul, 18 de janeiro de 1959) é um músico brasileiro da MPB. Reside em Porto Alegre desde os seis anos de idade, tendo vivido largas temporadas em outras capitais brasileiras e também nos EUA, onde concluiu o segundo grau. Mas sua ligação mais forte é mesmo com a capital gaúcha, onde mantém um público fiel, e mais especificamente o bairro Bom Fim, onde cresceu e morou por mais de vinte anos. É irmão mais jovem – entre sete – de Luiz Eurico Tejera Lisbôa, primeiro desaparecido político brasileiro cujo corpo pôde ser localizado, no final dos anos 70.

Nei Lisboa tem nove discos lançados ao longo de mais de três décadas, além de dois livros: uma coletânea de crônicas e um romance, este editado no Brasil e na França. A paixão pela música popular surge na infância – aos oito anos é aluno do Liceu Musical Palestrina – e se consolida ao ingressar, em 1977, no curso (inconcluso) de Composição e Regência da UFRGS.

Assista a um vídeo de Nei Lisboa:



Serviço:
Show "Vapor da Estação"
Local: Teatro Margarida Schiwazappa
Data:28/10/10
Hora:20:30
Ingressos: R$ 20.00
Ingressos antecipados na Loja Ná Figueredo

Fontes:
Wikipédia
Google Images
Reginaldo Santos via Orkut
You Tube

NASI - ONDE OS ANJOS NÃO OUSAM PISAR



CD "Onde os Anjos Não Ousam Pisar"

Um disco bem fragmentado como ele mesmo define, o álbum apresenta os mais variados estilos musicais como rock, blues e hip hop, tudo muito bem trabalho, afinal a produção de Onde os Anjos não Ousam Pisar começou em 2003 e só acabou dois anos depois. No início de setembro de 2007, após brigas com Airton Valadão, Nasi retirou-se do Ira!.A capa de Onde os Anjos Não Ousam Pisar mostra o roqueiro encarando um Wolverine com jeito de poucos amigos. Além disso, o álbum inclui a faixa Wolverine Blues, com a seguinte letra: "É verdade! Eu sou um animal."


Sobre Nasi:
Marcos Valadão Rodolfo, ex integrante do IRA, nasceu em São Paulo, no bairro da Bela Vista, filho de Airton Valadão Rodolfo e Egya Scarlato Rodolfo, e tem um irmão: Airton Valadão Rodolfo Junior.
Solteiro, pai de duas filhas, Nasi mora em São Paulo no bairro do Butantã.

Em 2003, Nasi posou na seção Eu Queria Ser... da revista MTV como o X-Man Wolverine. Gostou do visual e resolveu adotá-lo, o que lhe rendeu o apelido "Wolverine Valadão" no campeonato Rockgol, além de posar como o personagem na capa de seu recente álbum solo, Onde os Anjos Não Ousam Pisar.
O músico também é conhecido por ser torcedor fanático do São Paulo Futebol Clube.
No início de setembro de 2007, após brigas com Airton Valadão, Nasi retirou-se do Ira! .[1]
Nasi se tornou personagem de desenho animado e foi o protagonista da série "Rockstar Ghost", transmitida pela MTV Brasil. A série conta a história de um caçador de fantasmas, que trabalha na repartição pública AFFFE (Agência Federal de Fiscalização de Fenômenos Espectroplasmáticos), especializada em capturar celebridades musicais já mortas. Os mortos voltam à vida, quando um disco seu é tocado ao contrário.

Nasi atuou no filme "Sem Fio" dirigido por Tiaraju Aronovich, no longa-metragem, ele vive o protagonista Castro, viciado em cocaína que é casado com Marisa, uma mulher insatisfeita e entediada com sua rotina de trabalho.


Assista a "Rockixe", faixa do mais novo Cd de Nasi:










Vivo na Cena" foi gravado ao vivo no estúdio e é o segundo trabalho solo do cantor. O primeiro, "Onde os Anjos Não Ousam Pisar", saiu um ano antes da separação do Ira!, em 2006.

Mais vídeos do mais novo Cd de Nasi AQUI


Fontes:
TV IG
Wikipédia
Google Images

sábado, 23 de outubro de 2010

LEXIAGUO - O MAIS BELO LUGAR DA CHINA







Milton Guimarães Alves, do Post's à Beira Mar é o maior descobridor de maravilhas na WEB e vejam só o que ele encontrou. Não é um lugar impressionantemente lindo? Parece uma pintura.

Veja mais fotos e mais detalhes AQUI.


Fonte:
Powered by BannerFans.com

FOTOGRAFIA


Esta foto mostrando o trabalho de formigas comendo uma folha foi a grande vencedora do concurso anual Wildlife Photographer of the Year, anunciado nesta semana em Londres.
A imagem, do húngaro Bence Máté, foi tirada à noite, com a ajuda de um flash por trás da folha, ressaltando apenas a silhueta das formigas.


Fergus Gill da Escócia foi coroado Veolia Environnement Young Wildlife Photographer of the Year pelo segundo ano consecutivo. Sua imagem de um fieldfare, o momento congelado, foi considerada a mais memorável de todas as imagens de fotógrafos de 17 anos ou menos.

Fonte:
Museu de História Natural de Londres

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

LIVROS GRATUITOS PARA VOCÊ



Desde 11 de outubro a Fundação Itaú Social está distribuindo gratuitamente 8 milhões de livros através da Coleção Itaú de Livros Infantis, para você ler e reler com seus filhos, sobrinhos, netos ou alunos. A Coleção é composta por 4 livros destinados à leitura para crianças de até 6 anos.

Para receber sua Coleção gratuitamente em sua casa, basta acessar o site http://www.lerfazcrescer.com.br/ e preencher o cadastro.


Fontes:
Associação de Leitura do Brasil
www.lerfazcrescer.com.br

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

MUSEU DO OURO EM BOGOTÁ-COLOMBIA

A MAIS BELA COLEÇÃO EM PEÇAS DE OURO DA COLOMBIA

Do pouco que vi do mundo até hoje, uma das coisas que mais me impressionou foi este Museu do Ouro, em Bogotá, na Colombia.

Instalado em um prédio moderno contendo apenas 15% de um acervo de 30 mil obras, artisticamente arranjados em exposição, lá se mostram objetos das mais importantes comunidades pré-colombianas da região, que existiam na época da conquista espanhola.

As peças de um dourado encantador representam pássaros, máscaras, rostos humanos, insetos e figuras de culto.

Veja neste vídeo algumas peças que lá se encontram:




Fontes:
You Tube
Museo del Oro

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

BOLSAS DA UNESCO PARA ARTISTAS



Músicos, Escritores e Artistas Plásticos brasileiros,

Quer passar uma temporada desenvolvendo o seu trabalho numa residência artística no exterior? A UNESCO-Aschberg (www.unesco.org/culture/aschberg/) é um programa de bolsa completa ---- transporte, estadia, estúdio --- que oferece a jovens artistas (25-35 anos) a chance de desenvolver trabalho em diversos países do mundo. Os programas em baixo procuram a participação de artistas brasileiros. As residências duram geralmente de dois a três meses. As bolsas serão concedidas durante 2011. Não percam estas oportunidades:

Sanskriti, Índia – data de inscrição até 30 de Novembro de 2010
Para escritores e artistas plásticos

Bundanon, Austrália – data de inscrição até 10 de Novembro de 2010
Para artistas plásticos

Musique Multi-Montréal, Canadá - data de inscrição até 1 de Novembro de 2010
Para músicos étnicos

CAMAC, França - data de inscrição até 10 de Novembro de 2010
Para escritores e artistas plásticos

Civitella Ranieri, Itália – data de inscrição até 15 de Novembro de 2010
Para escritores e artistas plásticos

UNIDEE, Itália – data de inscrição até 4 de Novembro de 2010
Para artistas plásticos

18th Street, USA - data de inscrição até 1 de Novembro (data de entrega)
Para artistas plásticos da América Latina unicamente

Djerassi, USA – data de inscrição até 31 de Outubro (data de postagem)
Para artistas plásticos

Virgínia Center, USA – data de entrega até 29 de Outubro
Para músicos

Os links para fazer a inscrição estão no site www.unesco.org/culture/aschberg/.

O Instituto Sacatar não tem nenhum vínculo com estas instituições. Somente queremos chamar a sua atenção para estas oportunidades fabulosas. Mãos às obras! Não há nenhuma taxa de inscrição. Só precisa mesmo ter pique para preencher um formulário. (A UNESCO pede que faça apenas uma inscrição por ano.) Escolha com cuidado então!

O Sacatar também trabalha com o programa UNESCO/Aschberg, mas para nacionalidades restritas. Temos outros programas para acolher brasileiros na nossa sede à beira-mar.

Boa sorte,

Taylor Van Horne
Diretor
Instituto Sacatar
Itaparica, Bahia
www.sacatar.org
--
João de Moraes Filho
(71) 9942-3682 / 8165-7815 / (75) 9115 - 5692
skype: joao.de.moraes.filho
http://lattes.cnpq.br/4914934828546698


Produção poética
www.pedraretorcida.blogspot.com
www.emnomedosraios.blogspot.com

Oficina de Criação Literária Poesia Ouvida
www.poesiaouvida.blogspot.com


Fonte:
Francinne Amarante - Jornalista via e-mail
http://francinneamarante.blog.uol.com.br
http://twitter.com/balaiocultural

LEILA PINHEIRO-



LEILA PINHEIRO COMEMORA OS TRINTA ANOS DE CARREIRA COM SHOWS PELO BRASIL.

A cantora paraense Leila Pinheiro, comemorando os seus 30 anos de carreira, volta a fazer shows pelo Brasil, convidada pelo projeto MPB Petrobras neste mes de outubro.

Numa entrevista ela contou não ter se arrependido em ter largado o curso de Medicina em Belém do Pará. “Claro que para a minha mãe foi um choque, mas agora não há nenhum arrependimento. Nem eu e nem ela. Venho de uma família de músicos”, ressalta Leila Pinheiro.

“Não sou compositora. Sou uma intérprete que toca piano em um repertório variado de música popular brasileira, mas nesse meu novo trabalho o foco é para Legião Urbana e Renato Russo”, enfatiza, acrescentando que os seus shows

“Eu não estudei piano, a não ser na infância. Toco para que ele me acompanhe e acompanhe quem está cantando comigo. Sou feliz em ter sido convidada para me apresentar no Projeto MPB Petrobras. Farei um apanhado da minha carreira que completa 30 anos no próximo dia 31 de outubro”, destaca.



Sobre a cantora:

Leila Pinheiro nasceu em Belém e iniciou seus estudos de piano aos 10 anos. Aos 20, abandona a faculdade de medicina para se dedicar integralmente à carreira artística. Na sua cidade natal, ela estréia como cantora em outubro de 1980 com o espetáculo 'Sinal de Partida'.

Logo após a cantora muda-se para o Rio de Janeiro e em dois meses começa a gravar seu primeiro disco independente intitulado com o seu próprio nome. Dois anos depois, ela lançou disco com participações especias de Tom Jobim, João Donato e Ivan Lins.

A intérprete tem 16 CDs gravados e três DVDs.

Assista aqui um vídeo de Leila Pinheiro:



Projeto

O Projeto MPB Petrobras traz mais um espetáculo para a cena cultural do Brasil e reafirma a oportunidade de conferir uma programação cultural de qualidade. Com o patrocínio da Petrobras e o apoio da Lei de Incentivo à Cultura - Ministério da Cultura, o projeto apresenta nesta terça e quarta-feiras, os cantores Leila Pinheiro e Naná Escalabre, líder da Banda Alapada faz temporada solo com um projeto que partiu da sua vontade de criar novas possibilidades de expansão da música pop.

Fontes:
Google Image
Google Pesquisa
You Tube

Diz, Lígia Saavedra:

Parabéns, Leila!
A beleza de sua voz e a sua maravilhosa trajetória musical muito nos honra.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

SÉRGIO SOUTO



Sobre Sérgio Souto:
Acreano de Sena Madureira, radicado desde os quinze anos no Rio de Janeiro, trás na alma os temas amazônicos com os quais mesclou a linguagem complexa do espaço urbano na sua experiência musical. Atento aos sons dos Brasis presentes na sua realidade, construiu um trabalho cativante e moderno com ampla aprovação de público e da crítica por seu estilo inovador e peculiar.
Seu repertório musical transita com extrema naturalidade entre a tranqüilidade da mata e as incertezas e inquietudes do ritmo acelerado de um cotidiano urbano.

Com dez discos gravados, o cantor e compositor tem músicas de sucesso interpretadas por artistas de renome como Jessé, Cristina Santos, Nelson Gonçalves, Fabíola Sendino, Elba Ramalho, Eliana Printes, Nilson Chaves, entre muitos outros.(Pitter Lucena-Brasília)

Assista aqui Sérgio Souto:


Fonte:
Reginaldo via Orkut
You Tube

SIMONE ALMEIDA & MAHRCO MONTEIRO



Sobre Simone Almeida:
Com mais de dez anos de carreira, SIMONE ALMEIDA já é destaque no cenário musical da Amazônia. A maturidade profissional da cantora tem proporcionado uma ampla divulgação do seu trabalho e consequentemente da produção musical da Amazônia, especificamente do estado do Pará.

Sua identidade regional e compromisso com sua cultura tem aberto caminhos que possibilitam cada vez mais que a produção cultural da Amazônia se torne conhecida e valorizada além de nossas fronteiras. Foi escolhida Melhor Intérprete do Festival Internacional de Música Brasileira na Bienal Internacional de Música de Belém, anos 2000 e 2002. Participou de vários projetos importantes dentro e fora do Pará, com destaque para o “Projeto Cantorias Amazônicas” no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro e turnê com o Projeto “Tambores da Amazônia”, ao lado de Nilson Chaves e Marco André.

Fonte:
http://www.myspace.com/simonealmeida

Sobre Mahrco Monteiro:
Ousado, carismático, um artista de muitas facetas a acima de tudo dono de uma voz privilegiada. Marco Antônio Monteiro Gurjão, este carioca de Jacarepaguá, veio para Belém aos dois anos de idade, póstero de uma família de músicos (sua mãe cantava, seu tio era saxofonista, seu tio Bebé era violoncelista e seu tio-bisavô, Henrique Gurjão, era maestro). Em 1970 volta ao Rio de Janeiro para cursar a faculdade de Química Industrial e de Licenciatura em Matemática, quando decide tentar carreira artística participando de dois festivais, o VI encontro da RIOTUR, com a música "Mar Aberto", se classificado entre os quinze melhores intérpretes e o primeiro festival da Rádio Nacional, com o samba "Canto Negro" de autoria de João da Mata.

Fonte:
http://www.mahrcomonteiro.com/

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

ZAC FREEMAN









A FANTÁSTICA OBRA DE ZAC FREEMAN


Não é desenho, pintura ou fotografia, mas sim colagem. Isso mesmo, botões, controles remotos velhos, tampas de canetas, clips de papel, latas, peças de lego, fios, pedaços de plástico e pedaços de sabe-se lá o quê? Bom, esses são precisamente os objetos que o artista Zac Freeman utiliza na criação de um desses retratos. Veja o que ele diz sobre sua obra:

"Eu comecei a fazer obras de aglutinação deste tipo em 1999. As obras são feitas inteiramente de lixo coletado, objetos encontrados. Eu colo os pedaços de lixo a um substrato de madeira para formar uma imagem, geralmente caras, que só pode ser visto à distância. Eu estava interessado em se comunicar através da representação visual no espaço 2-dimensional aparente e com os objetos reais utilizados para o meio no espaço de dimensão 3. É muito importante para mim que eu incorpore os objetos reais para a arte em contraposição a uma imagem ou a entrega do mesmo, porque melhor expressa a intenção da obra". Curtam essa maravilha.

Visite o site do artista clicando AQUI

Fonte:
Powered by BannerFans.com

COPIE E LEVE COM VOCÊ O NOSSO BLOG E A COR DO AÇAÍ.

BannerFans.com

Recado

Paixaoeamor.com