Ajuruteua

Ajuruteua

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

COMO SERIA O SEU BRASÃO - HERÁLDICA




HERÁLDICA - SÍMBOLOS NOBRES

Durante o século XII, por conseqüência das Cruzadas, que surgiu a heráldica - a arte dos brasões - que até hoje guarda em sua simbologia conceitos como tradição, nobreza e qualidade.

A maior parte dos historiadores aponta que os brasões surgiram para identificar, rápida e facilmente, os soldados do exército cruzado dentro das batalhas. Em suas formas primárias, eram cruzes formadas por tiras de tecido que eram presas nas roupas dos guerreiros. Mas o número de símbolos e a variedade de formas aumentaram na mesma medida em que cresceu a adesão de nobres às causa da guerra santa.



Os brasões eram concedidos pelos reis, por algum feito e por merecimento, e eram outorgados pelos arautos. Eram desenhados (iluminuras dos brasões) em pergaminhos, e hoje são registrados em livros especializados que são os dicionários heráldicos.

O brasão tem como forma principal a base triangular derivada dos escudos medievais com os espaços internos divididos em nove zonas, sendo que cada uma destas divisões serve de referência para descrever a localização, e, por conseqüência, a importância dos símbolos que irão compor o brasão.



Alguns breves significados:

A coroa evidentemente é o principal símbolo de nobreza. No entanto, em linhas heráldicas portuguesas e espanholas o elmo do cavaleiro também representava este papel.

O leão é o animal mais nobre nos escudos, é símbolo de força, grandeza, coragem, nobreza de condição, domínio e proteção.

A águia representa vitória, rapidez e velocidade.

O castelo significa que o representado teve destaque em tomadas de assalto, e quando o castelo aparece de portas abertas indica sucesso na defesa ou tomada. Nos brasões portugueses e espanhóis o castelo pode representar aliança com a casa real de Castela.

A cruz na heráldica é muito freqüente, sendo que seu significado e características variam de acordo com o país e o contexto em que é aplicada. Muitas famílias nobres européias utilizam a cruz em seus brasões como forma de lembrar sua participação nas cruzadas.

O dragão tem como um de seus significados São Jorge, padroeiro da Inglaterra.

A flor-de-lis também é um dos símbolos mais comuns nos brasões de armas, pois simboliza características ligadas à família, poder e soberania, pureza de corpo e alma, candura e felicidade. Além disso, é o símbolo da corte francesa.


Fonte:
abcdesigne.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COPIE E LEVE COM VOCÊ O NOSSO BLOG E A COR DO AÇAÍ.

BannerFans.com

Recado

Paixaoeamor.com