Ajuruteua

Ajuruteua

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

"ANTES QUE TUDO SE ACABE" - LÍGIA SAAVEDRA

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

TRIBUTO À CÁSSIA ELLER - DANNIEL LIMA e JOELMA KLAUDIA

Neste sábado, não esqueçam, show Tributo à Cássia Éller no CamarIn Cultural com Jk e Danniel Lima a partir das 22h!! Informações: 91-8113-2092

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Kamara Kó apresenta mostra ''Coletiva de Dezembro''

O calendário de mostras da Kamara Kó de 2012 encerra em meio a uma feira de arte, pensada para celebrar o encontro da produção dos artistas que compõe o elenco da galeria e aproximar as obras do público. Nos próximos dias 1º e 2 de dezembro, sábado e domingo, as portas se abrem para a “Coletiva de Dezembro”, um convite para quem deseja conhecer a atual produção do áudiovisual paraense em sua multiplicidade – e adquiri-las a um preço acessível. Saiba mais "AQUI" Serviço: “Coletiva de Dezembro” - Kamara Kó Galeria Abertura: 1º e 2 de dezembro – sábado e domingo Hora: 10h às 17h Visitação: 4 a 22 de dezembro Hora: 15h às 19h, (terça a sexta), e 10h às 13h (sábados) Local: Kamara Kó Galeria End.: Trav. Frutuoso Guimarães , 611 - Campina Informações e agendamentos: 91.32614809 | 91.32614240 kamarakogaleria@gmail.com www.kamarakogaleria.com Entrada franca Fonte: Guiart.com.br

sábado, 27 de outubro de 2012

O TEATRO DA VIDA


Coadjuvante nos meus dias
crio um personagem tosco
troco o triste pelo burlesco
e no palco o falso rosto

Provoco um alvejado gesto
da boca que sempre mente
à lágrima que nela escorre
mascarando o descontente.

Dia e noite represento
esse incansável ator
oculto a miséria da alma,
mostrando-se prometedor

Sorrio um fortuito sorriso
invento alguma emoção
jogo flores em toda a mágoa
disfarçando a aflição.

Assisto a platéia ensandecida
ávida por qualquer desfecho
aplausos a toda a tragédia
e risos a cada tropeço.

Sobe o pano
cai a farsa.


LÍGIA SAAVEDRA

Publicado no Overmundo em 27.06.2010

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

SHOW "BENQUERENÇA" - ALFREDO REIS

É hoje e com entrada franca












Com 32 anos de carreira, Alfredo Reis, cantor e compositor paraense é um recordista em Festivais e merecidamente ganhador vários prêmios.



Fonte:
Nanna Reis

terça-feira, 23 de outubro de 2012

DANIEL LIMA NO SESC BOULLEVARD



O cantor e compositor Danniel Lima apresenta no mês de Novembro em Belém dois shows no palco do Centro Cultural Sesc Boulevard. O inédito “Com sabor de fruta mordida - Um Tributo a Cazuza” no dia 10 e a IV edição do seu show autoral “Universo Paralelo” no dia 17.

Danniel Lima é amante da música desde cedo e cresceu adquirindo conhecimento autodidata sobre o assunto. Aos 21 anos ganhou o segundo lugar no III Festival de Canto do Bairro da Cabanagem e passou a chamar atenção da classe artística ao chegar à final do I Festival da Canção de Ananindeua e do III Festival de Marchinhas do Estado do Pará. Em Janeiro de 2012 teve seu samba “reviravolta” selecionado pela Rede Globo, entre mais de dez mil inscritos em todo Brasil, para o São Paulo Exposamba.

No universo musical do cantor paraense há espaço para vários estilos e ritmos. Seu talento permite ir do Samba ao Xote, Rock, Pop, Raggae, Brega e Guitarradas. Essa versatilidade o permitiu dividir o palco com vários artistas paraenses como Gigi Furtado, Joelma Klaudia, Alba Maria, André Leemax, Adriana Cavalcante, Lia Sophia, Gaby Amarantos além dos nacionais Flávio Venturini e Isabella Taviani

Atualmente Danniel Lima está em estúdio gravando seu primeiro disco, também chamado de “Universo Paralelo”, patrocinado pela Lei de Incentivo To Teixeira e Guilherme Paraense. O CD, que mesclará ritmos universais com ritmos paraenses, terá a direção musical de Lenilson Albuquerque e trará participações especiais de Adriana Cavalcante, Joelma Klaudia e Gaby Amarantos.


Com Sabor de Fruta Mordida – Um tributo a Cazuza
“Cantando agente inventa.
Inventa um romance, uma saudade, uma mentira...
Cantando a gente faz história”.

Cazuza
Poeta, músico e amante da vida. Esse foi Agenor de Miranda Araújo Neto, Cazuza, que deixou um legado de musicas até hoje tocadas e regravadas. Foram 126 canções gravadas, 78 inéditas e 34 para outros intérpretes, mas a sua luta contra a AIDS é até hoje uma bandeira que busca conscientizar pessoas sobre a importância de amar e ser amado com segurança e respeito.

Realizar esse show será uma homenagem à vida!

“Com Sabor de fruta mordida” é um tributo a CAZUZA. Porém em um formato ainda inédito. A fim de valorizar a poesia do artista, Danniel Lima idealizou um formato com arranjos jazzísticos. A banda será um “power trio” formada por Lenilson Albuquerque na direção musical e Piano de cauda, Baboo Meireles no Baixo Acústico e Bruno Mendes na Bateria. O show ainda contará com a participação especial dos cantores Alba Maria, Eloi Iglesias, Natalia Matos e da Orquestra de Violoncelistas da Amazônia comandada pelo maestro Áureo de Freitas.

Com um tema tão atual e importante a ONG “Arte pela Vida”, que trabalha na luta contra a AIDS, estará presente no dia do evento sensibilizando as pessoas com a distribuição de preservativos e realizando uma campanha para arrecadar brinquedos para o natal das crianças que vivem com HIV AIDS.


“Universo Paralelo”

“Universo paralelo ou realidade alternativa em ficção científica e fantasia é uma realidade auto-contida em separado, coexistindo com a nossa própria. Esta realidade em separado pode variar em tamanho de uma pequena região geográfica até um novo e completo universo, ou vários universos formando um multi universo.”

Em Março de 2012 Danniel Lima apresentou seu Universo Paralelo pela primeira vez no Sesc Boulevard. O repertório contava com oito músicas autorais e cinco canções conhecidas do grande público que lotou o Centro Cultural. O Show de sucesso ganhou outros palcos sempre com casa lotada e agora retorna ao seu lugar de nascimento e consagração.

Nessa edição Danniel apresentará suas composições já conhecidas pelo seu fiel público como o Raggae “Castelo de Farsa”, música finalista do Festival de Ananindeua; o samba “Reviravolta” que já toca em algumas rádios de Belém e até mesmo na Rádio Nacional de Brasília; O pop regado a guitarradas “Nem inverno nem verão”, O Brega/Rock “Perdão Clichê” e sua releitura para “Porque brigamos” clássico brega eternizado na voz da cantora Diana. O cantor e compositor ainda lançará mão de uma nova canção, “A Outra”, em parceria com o poeta Marcelo Leite que também fará parte do disco que está em fase de pré-produção que leva o mesmo nome do show.

O Show trará a participação dos cantores Arthur Espíndola, Renato Torres, Rogério Almeida e Pedrinho Cavalléro além das interferências visuais do artista plástico Maurício Franco. A banda será formada por Lenilson Albuquerque nos teclados, samples, efeitos e direção musical; Baboo Meireles no baixo, Neném Silva na guitarra e Márcio Jardim na bateria e percussão.


Serviço:
Centro Cultural Sesc Boulevard.
End:Boulevard Castilho França, 522/523. Campina.
Show “Com Sabor de Fruta Mordida – Um Tributo a Cazuza” - Dia 10/11 - 19h - Entrada Franca.
Show “Universo Paralelo” - Dia 17/11 – 19h – Entrada franca


Contatos Danniel Lima:
Telefone: 91 81132092
Twitter: @danniellima
Facebook: Danniel Lima
E-mail: danniellima@gmail.com

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

LANÇAMENTO DO CD "JARDIM DAS FLORES" DE GLÁFIRA LÔBO

Sobre Gláfira Lôbo
Gláfira Fonseca Lobo nasceu no Marajó em 1980. Filha de um programador de rádio, cresceu em Belém ouvindo todo tipo de música. Em 1997, aos 17 anos, recebeu o convite para tocar na banda Cartagora, sua primeira experiência profissional como cantora. Esse primeiro momento durou três anos.

Aos 20 anos, foi convidada pela cantora Lia Sophia para cantar no bar Carpe Diem, onde fez temporada de mais de três anos. Depois, cantou no Café Imaginário, onde o ator Marcos Palmeira, de passagem por Belém, elogiou o show chegando a lhe fazer ofertas em dinheiro para que ela não parasse de cantar.

Em 2003 ela entrou para a Álibi de Orfeu a convite de Rui Paiva, e seguiu com a banda paralelamente à sua carreira solo. Fez participação em show do Ira! e, com o grupo, abriu para Paralamas, Pitty, Detonautas, Cidade Negra e Charlie Brown Júnior. Gravou o disco Só Veneno, lançado em 2010 e produzido por Edgar Scandurra.

Em 2011, ela sai do grupo para se dedicar sua atividade acadêmica e na política cultural, que iniciou em 2005 com a entrada para o Fórum Permanente de Música do Pará, experiência que lhe deu a oportunidade de viajar pelo Brasil e conhecer artistas e agitadores culturais de todos os estados.

Texto por Elielton Amador

Fonte:

GRAVAÇÃO DO DVD "PERSONALIDADE" - MARIA LÍDIA

Sobre Maria Lidia
Nascida em Santarém, Maria Lidia começou na música estudando piano clássico. Em seguida aprendeu de forma autodidata o violão popular e passou a se apresentar profissionalmente cantando e tocando na noite de Belém no início dos anos 80, trocando o curso de medicina veterinária pela música.



A cantora produziu e gravou os discos solo “Carnaval 84”, “Por tudo e tanto”, “Coração Leviano”, “Maria Lidia”, “Projeto Uirapuru V.7 – Maria Lidia”, “Canções de Maria Lidia”, “Ícones” e “Maria Vem Com os Outros”.

Ela já teve suas composições gravadas por artistas de nomes expressivos na música paraense como Olivar Barreto, Lucinnha Bastos, Adilson Alcântara, Leila Chavantes, Bob Freitas & Nego Nelson, Walter Bandeira, Júlio Freitas, Fabrício dos Anjos, Eduardo Lima e Fafá de Belém.

Nesse tempo de carreira, Maria Lidia além de trabalhar como produtora, também atua como diretora musical de shows e gravações, fazendo arranjos e transcrições musicais.

Fontes:

domingo, 21 de outubro de 2012

XI FESTIVAL DE ÓPERA DO THEATRO DA PAZ

XI Festival de Ópera do Theatro da Paz

O tradicional Festival de Ópera do Theatro da Paz chega em sua 11ª edição. Este ano, a programação iniciou-se dia 17 de outubro e vai até 1º de dezembro. O evento foi aberto com uma das mais famosas óperas de todos os tempos: “Cavalleria Rusticana”, de Pietro Mascagni, com os cantores Laura de Souza, Rinaldo Leone, Alfa de Oliveira, Rodolfo Giugliani e Luciana Tavares nos principais papéis. A regência é do maestro italiano Gian Luigi Zampieri e a direção cênica do premiado Iacov Hillel. 

Saiba mais "AQUI"

Programação do XI FESTIVAL DE ÓPERA DO THEATRO DA PAZ

de 17 de outubro a 1º de dezembro de 2012

CAVALLERIA RUSTICANA, de Pietro Mascagni
Theatro da Paz >>> 17, 19 e 20 de outubro >>> às 20h

MASTER CLASS - LAURA DE SOUZA
Igreja de Santo Alexandre >>> 23 de outubro >>> às 19h

RECITAL LUSO-BRASILEIRO
Antônio Salgado, baixo-barítono
Igreja de Santo Alexandre >>> 25 de outubro >>> às 20h

QUANDO O JAZZ ENCONTRA A ÓPERA
Amazônia Jazz Band
Theatro da Paz >>> 31/outubro >>> às 20h

JOÃO E MARIA (Hänsel und Gretel), de Engelbert Humperdinck
Theatro da Paz >>> 1º de novembro >>> às 20h
3 e 4 de novembro >>> às 17h

CENTENÁRIO GENTIL PUGET
Carmen Monarcha, soprano
Igreja de Santo Alexandre >>> 25 de novembro >>> às 20h

SALOME, de Richard Strauss
Theatro da Paz >>> 24, 26 e 28 de novembro >>> às 20h

CONCERTO DE ENCERRAMENTO – ao ar livre
Na frente do Theatro da Paz >>> 1º de dezembro >>> às 20h

INFORMAÇÕES:
A Bilheteria do Theatro da Paz abrirá para venda de ingressos no dia 08/10/2012.
Horários de funcionamento:
- De 2ª feira a 6ª feira ---- de 9h as 18h
- Sábados e domingos ---- de 9h as 12h
Valores dos ingressos:
Óperas: R$ 60,00, R$ 50,00, R$ 30,00 e R$ 20,00
Quando o Jazz encontra a Ópera: R$ 20,00 e R$ 10,00 (Amazônia Jazz Band)
Os recitais na Igreja de Santo Alexandre serão com ENTRADA FRANCA.
Telefone de contato: (91) 4009-8750

Fonte:
Theatro da Paz

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

"POÇO ÁVIDO" - LÍGIA SAAVEDRA

POÇO ÁVIDO

Minha fome de amor
é água de secar o céu
feito chuva de verão
tão grande que
no mar não caberia

Impaciente chama
que arde intensa
como a luz da lua brilha.
na prisão do fogo solitário
das entrelinhas dos
lençóis e no desejo amiúde
exposto na poesia

Carente
como cria desgarrada
oculta
como madre
na clausura
extrema e passiva
convivência minha
do secreto rito
ao abafado grito
com a loucura.


Lígia Saavedra

publicado no Overmundo em 17/09/2011

"ENCANTADOS S.A." - GRUPO CUÍRA


"EU ME CONFESSO ENEIDA" DE CARLOS CORREIA SANTOS

Clique na foto para ampliá-la


EU ME CONFESSO ENEIDA

Ela foi poeta, ativista política, pesquisadora do carnaval brasileiro e definiu o que hoje se convenciona chamar de crônica memorialística. Eneida de Moraes. Um dos nomes paraenses mais festejados em nível nacional. As múltiplas inquietações que transformaram essa mulher única em muitas voltam à ribalta no espetáculo “Eu Me Confesso Eneida”. A montagem tem dramaturg
ia assinada por Carlos Correia Santos e direção de Edson Chagas e Leandro Haick. Em cena, as atrizes Marta Ferreira, Elisângela Vasconcelos e Rosa Marina vivem, simultaneamente, as várias faces e facetas de Eneida. Um embate angustiante e provocativo que vai revelando para a plateia detalhes da densa biografia da famosa nortista.

A produção terá temporadas especiais em outubro. A primeira apresentação será no dia 17 de outubro, às 19h, no Teatro Claudio Barradas, dentro do projeto Sesc Círio, com entrada franca. De 18 a 21 de outubro, sempre às 21h, a montagem estará no Sesc Boulevard, também com entrada franca. O Sesc Boulevard realizará ainda palestras especiais, sempre às 19h, com entrada franca: no dia 18, a convidada é Luzia Miranda, pesquisadora sobre Eneida. No dia 21, haverá bate papo com Carlos Correia Santos sobre o processo de construção do texto da peça

A peça é uma realização do grupo EcoArte e conta com apoio do Gepem . O figurino, cenografia, iluminação e maquiagem foram concebidos por Chagas Franco. A iluminação é de Marckson de Moraes. Operação de áudio é de Venildo Cohen. Diego Matos faz a sonoplastia percussiva. E as fotos de divulgação têm o selo de Pedro Ferreira. A assessoria é de Parla Página. Os apoios são de Sesc Boulevard, Revista Pará Mais, Sindifisco Nacional e Coletivo Parla Palco.

BIOGRAFIA

Contista, cronista, memorialista, Eneida Vilas Boas Costa de Moraes nasceu num palacete situado à rua Benjamim Constant e ali se criou. Filha de Guilherme Costa e Júlia Vilas Boas Costa. Família de posses. O pai era comandante de navio e, assim, desbravava os rios do Estado. Rios que, de um jeito ou de outro, acabariam tomando conta das veias de Eneida, correndo por elas mais do que seu próprio sangue. O amor de Eneida pelo Pará foi tanto que mais verdes do que essas terras só mesmo os olhos da autora, eternos apaixonados por Belém. E justamente este verde estaria no título do primeiro livro. Em 1930, ela publica “Terra Verde”, um livro de poemas com temática amazônica.

Ainda muito jovem, foi morar no Rio de Janeiro, na época, a capital federal. Filiou-se ao Partido Comunista e se posicionou abertamente contra a ditadura Vargas. Por esta razão, foi presa várias vezes. No cárcere, dividiu cela com Graciliano Ramos e Olga Benário. Apaixonada pela cultura do povo, dedicou-se a um profundo estudo sobre o folclore brasileiro. Foliona de grande marca, criou na capital carioca o célebre Baile do Pierrô. Eneida despediu-se das árvores de suas verdes terras num mês de abril. Morreu em 27 de abril de 1971. Atendendo a um pedido seu, como boa comunista, foi sepultada no lado esquerdo do Cemitério de Santa Isabel.

Serviço: “Eu Me Confesso Eneida”, de Carlos Correia Santos. 
Direção Edson Chagas e Leandro Haick. Realização EcoArte. Com Marta Ferreira, Rosa Marina e Elisangela Vasconcelos. 
Apresentação no dia 17 de outubro, às 19h, no Teatro Claudio Barradas, dentro do projeto Sesc Círio, com entrada franca. 
De 18 a 21 de outubro, sempre às 21h, no Sesc Boulevard, também com entrada franca. 

O Sesc Boulevard realizará palestras especiais, sempre às 19h, com entrada franca: no dia 18, a convidada é Luzia Miranda, pesquisadora sobre Eneida. No dia 21, haverá bate papo com Carlos Correia Santos sobre o processo de construção do texto da peça.

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

"NOITE POÉTICA" - INSTITUTO CULTURAL EXTREMO NORTE


'DIA NACIONAL DA MÚSICA POPULAR BRASILEIRA"

O dia 17 de outubro entrou no calendário brasileiro como o "Dia Nacional da Música Popular Brasileira".

A data é uma homenagem ao aniversário da compositora e maestrina Chiquinha Gonzaga ( 19.10.1935) .


A carioca Francisca Edwiges Neves Gonzaga, a Chiquinha Gonzaga, transitava por vários ritmos (polca, tango, choro, marcha) e fazia uma ponte entre erudito e popular. É dela a canção Ó Abre Alas, sucesso eterno nos bailes de carnaval. Também fundou a Sociedade Brasileira de Autores Teatrais (SBAT).

A Lei 12.624/12 foi sancionada no último dia 9 de maio de 2012.

Parabéns, a todos os que fazem a nossa MPB!

Fonte:
http://frenteparlamentardacultura.org/2012/05/chiquinha-gonzaga-e-homenageada-com-dia-nacional-da-mpb/

MOSTRA DE ARTES SESC CÍRIO

Clique na foto para visualizar a agenda
A mostra de Artes Sesc Círio se apresenta como um espaço propício para a criatividade e o desenvolvimento humano. Com o intuito de homenagear a tradição nazarena e promover ações culturais do Sesc. A mostra oferece oficinas, espetáculos, sessões de cinema e shows durante 7 dias consecutivos! Confiram a programação!

Fonte:

"HISTÓRIAS DE UM GUAJARINO" - RUI DO CARMO

O escritor Rui do Carmo
Imagem: mosqueirando.blogspot.com


Será realizado hoje, as 18:00h, no Espaço Benedito Monteiro do Centur, o lançamento de "HIstórias de um Guajarino" o mais novo livro do escritor paraense Rui do Carmo.


Sobre o autor
Rui do Carmo é administrador de empresas e autor de quatro livros de poesia e prosa. Em 2004, criou, ao lado de outros poetas e escritores, o Movimento Literário Extremo Norte, para promover o “resgate e a valorização da profissão na região”.



Fonte:https://www.facebook.com/events/365372576882229/

domingo, 14 de outubro de 2012

"CÍRIO DE NAZARÉ" A MAIOR FESTA DO PARÁ

Imagem Tina Almeida
Imagem Tina Almeida
 
Imagem Jorge Alberto Langbeck Ohana
Imagem Tina Almeida
Imagem Jorge Alberto Langbeck Ohana
 Como a maior manifestação da fé católica no mundo, o Círio de N. Srª de Nazaré todos os anos mostra toda a força e o imenso amor que o paraense tem pela sua padroeira.
É realmente emocionante tudo o que se vê em Belém do Para nesses dias de Círio. O povo daqui se empenha para toda a cidade respire a Santa.

A festa ainda dura quinze dias, vamos aproveitá-la...

Viva, N. Srª de Nazaré!
Imagem MRogerio Santos

sábado, 13 de outubro de 2012

BELÉM NO CÍRIO

 Lia Sophia no Auto do Círio
Foto de Nayara Jinkings
 O Batalhão da Estrela
Foto de Daísa Passos
 O Arrastão do Círio
Foto de FC Lia Sophia
 Olha a Lia Sophia dançando e fazendo o povo paraense mais feliz
Foto de FC Lia Sophia
A Romaria Fluvial
Foto de Paulo Santos/Reuters

Hoje Belém se veste com Círio de N. Sra de Nazaré e tudo gira em volta dessa majestosa festa que dura por 15 dias.
A Transladação nesse momento alcança a Praça da República e amanhã a partir das 7:00h inicia-se a procissão do Círio que este ano deve superar todas as expectativas em relação ao número de romeiros.

Feliz Círio, a todo o povo paraense!


Alguns desses momentos...

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

"FELIZ DIA, CRIANÇAS!"

"...Nós que somos curumins e pequenas cunhatãs pedimos ao Grande Chefe nosso dia de amanhã.
Nossa escola garantida.
Nosso verde, esperança.
Só queremos que nos deem direito de ser criança..."(Trecho da música "Direito de Criança" - Lígia Saavedra)

Feliz Dia, crianças!

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

PROJETO "NAZARÉ EM TODO O CANTO"



Serviço:
Projeto Nazaré em Todo Canto

A partir desta sexta-feira, 5, até o dia 14 de outubro, na Estação das Docas
Informações: (91) 3212.5660 e no site www.estacaodasdocas.com.br
Entrada gratuita

Confira a programação completa do Nazaré em Todo Canto:

Dia 05/10 (sexta-feira)
18h – Frutos do Pará (Orla da Estação)

Dia 06/10 (sábado)
18h - Tamba Tajá (Orla da Estação)
20h - Orquestra de Rabecas de Bragança (Teatro Maria Sylvia Nunes)

Dia 09/10 (terça-feira)
21h - Show Musical – Marco André – CaBloco Muderno (Teatro Maria Sylvia Nunes)

Dia 10/10 (quarta-feira)
20h - Associação Musical Antonio Malato (Teatro Maria Sylvia Nunes)

Dia 11/10 (quinta-feira)
18h - Show de carimbó – Grupo de Marapanim (Orla da Estação)
20h - Orquestra Jovem da Fundação Amazônia de Música (Teatro Maria Sylvia Nunes)

Dia 12/10 (sexta-feira)
18h – Show de carimbó – Grupo de Expressões Folclóricas Cheiro do Pará (Orla da Estação)
21h - Show Musical - Canções em Romaria – Luis Pardal, Lucinha Bastos, Marianne Lima (Teatro Maria Sylvia Nunes)

Dia 13/10 (sábado)
12h - Banda Sinfônica da Escola do Lauro Sodré (Orla da Estação)

Dia 14/10 (domingo do Círio)
20h - Amazônia Jazzband (Teatro Maria Sylvia Nunes)

SHOW "CANÇÕES EM ROMARIA" - LUCINHA BASTOS, ANDRÉA PINHEIRO E MARIANNE LIMA


LANÇAMENTO DO CD "JAZZ IN GERAIS"



O Café Com Jazz Trio, tem o prazer de convidá-los para o show de lançamento do seu primeiro CD, o "Jazz in geraes", no dia 11 de outubro de 2012, as 20h00min., no auditório do Conservatório Estadual de Música Juscelino Kubitschek de Oliveira, em Pouso Alegre- MG.

O CD estará à venda no local do evento, e a entrada é franca!


www.cafecomjazztrio.com

"CALDEIRÃO AMAZÔNICO" - MAHRCO MONTEIRO


CINEMA OLÍMPIA - PROGRAMAÇÃO ESPECIAL DO CÍRIO DE NAZARÉ



Programação especial "Círio de Nazaré", no cine Olympia.

Confira http://bit.ly/VWnrrS

BATALHÃO DA ESTRELA + RODA DE CARIMBÓ


LANÇAMENTO DA REVISTA "AS PIADAS DO FIM DO MUNDO" (PICLES 02)



A revista “Piadas do Fim do Mundo” (“Picles” 02) é uma ideia coletiva da Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo (AQC-ESP) em conjunto com a editora Laços. A associação foi criada em 1984, visando reunir e defender os autores nacionais de quadrinhos, cartuns, charges e ilustração que insistem em publicar sua arte em nosso diminuto mercado editorial.

O projeto “Picles” começou em 2009 e resultou numa revista com 28 artistas de todo o Brasil satirizando quatro temas: música, esportes, ecologia e tecnologia, que foi publicada, em maio de 2010, como revista eletrônica no blog da associação (www.aqcsp.blogspot.com).

Já a segunda edição foi publicada no final de 2011, com tiragem de 1000 exemplares e teve como tema a presidenta Dilma. Foram reunidos 24 autores que enviaram um total de 55 trabalhos. Com o financiamento de três editores, a “Picles” 02 teve uma boa divulgação e repercussão, inclusive com a própria personagem principal (a presidente Dilma Rousseff) recebendo seu exemplar!

Agora a AQC-ESP, aproveitando que o mundo está chegando em sua data fatídica: 21 de dezembro de 2012, lança o terceiro número da “Picles” que tem como tema: O Fim do Mundo! Um tema atual e que resultou em muita sátira ao contexto místico, histórico, midiático e na histeria coletiva que pode causar.
Foram reunidos 24 autores com uma grande diversidade de estilos, traços, roteiros e formas de arte num resultado muito divertido.

A seleção de profetas do Apocalipse é a seguinte: Floreal, Eder Santos, Paulo Cesar Cid, Alex Guenther, Paulo Alves, Wanderley Felipe, Xalberto, Sergio Morettini, Vasqs, Daniel Linhares, William MR, Juliano, João Zero, Airon, Rice Araujo, Mário Mastrotti, Fernando dos Santos, Harry Guilherme Garrido, Edvaldo Rodrigues, Novaes, Bira Dantas, Diego Jourdan Pereira, Wellington Santos e Sergio Mas.
O lançamento da revista “Piadas do Fim do Mundo!” (“Picles” 02) será realizado durante o 19° FestComix, no dia 21/10, domingo, a partir das 13h.

O evento acontecerá no Centro de Eventos São Luiz, Rua Luis Coelho, 323, Metrô Paulista, com a presença dos autores para uma tarde de autógrafos e de muito bate papo.

Todos estão convidados para rir do Fim do Mundo??!!!


“Piadas do Fim do Mundo” (tamanho: 17 x 24 cm, 52 pgs. capa colorida, miolo 02 cores, lombada canoa, tiragem 1000 exemplares, R$ 12,00)

Fonte:
https://www.facebook.com/fernando.vasqs

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

DIA DO POETA



"Há uma especial aurora
no dia que homenageia
o sol crescendo no verso
que minha vida clareia."

Salve, o Poeta! (Lígia Saavedra)


"Parabéns!" a todos os nossos amigos Poetas do meu
coração.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

JOELMA KLAUDIA, CONVIDA

Uma das grandes intérpretes paraenses dessa temporada imensamente reveladora de talentos parauaras, Joelma Klaudia se destaca pelo registro de voz aliado a técnica num encantamento digno das grandes divas da música mundial

Confira...

EU VOTO "NULO" - LÍGIA SAAVEDRA

Cidadania é participação, direitos e deveres, mas em meu país é difícil exercê-la por ser quase impossível não fazer parte de um ou de outro esquema político. Criamos um monstro, a corrupção, que está em quase tudo o que diz respeito a nossa vida e, por não querer mais ser enganada, "Eu voto "NULO".
Se vou jogar meu voto no lixo, o jogarei sob a minha tutela e com a minha assinatura só voltando a votar em algum candidato quando o voto não mais for "Obrigatório".

Ponto

LANÇAMENTO DO CD/DVD DA "TRILOGIA"

Separados Nilson Chaves, Mahrco Monteiro e Lucinha Bastos são grandes e talentosos artistas paraenses que fazem parte do cenário musical parauara formando um leque magnífico na programação cultural da região. Unidos formaram o "Trilogia" e nesse show trazem toda a magia da música paraense encantando a todos os que já assistiram aos seus shows.

Programação e aquisição, imperdível!

Programe-se...

'50 ANOS" O MAIS NOVO CD DE PEDRINHO CAVALLÉRO

Acabo de receber das mãos do próprio Pedrinho Cavalléro o recém nascido Cd "50 Anos" de sua autoria com musicas autorais e letras de Márcio Farias, Emanoel Matos, Joãozinho Gomes, Jorge Andrade, Vilar Ferreira, Marcelo Sirotheau, Aldemir Ferreira da Silva e Dudu Neves.

O CD "50 ANOS" de Pedrinho Cavalléro tem a Produção Executiva de Andrea Cavalero e a Direção Musical de Betinho Taynara

Muito obrigada, parceiro!
Valeu!

FUNDAÇÃO TANCREDO NEVES - AVISO


COPIE E LEVE COM VOCÊ O NOSSO BLOG E A COR DO AÇAÍ.

BannerFans.com

Recado

Paixaoeamor.com