Ajuruteua

Ajuruteua

terça-feira, 31 de maio de 2011

AS MALAS BORDADAS DE APODI


As malas bordadas de Apodi

Exposição e venda de malas artesanais produzidas e comercializadas na “Feira da Pedra”, no município de Apodi, situado na região do Oeste Potiguar, a 337 km de Natal, capital do Rio Grande do Norte.

A mostra ficará em cartaz até o dia 26 de junho e conta com o patrocínio da Caixa Econômica Federal.

Em Apodi, as feiras de rua são diárias. Essa versão, conhecida como “feirinha”, possui estrutura mais modesta, distinta daquela realizada aos sábados, e conhecida como “Feira da Pedra”, em referência à demolição do antigo mercado da cidade, no início da década de 1950, quando os feirantes passaram, então, a ocupar as calçadas de pedra nas proximidades da construção destruída. Na estética informal das barracas ou no chão delimitado com lonas plásticas ou esteiras de palha de carnaúba, alterna-se uma diversidade de gêneros alimentícios e bens duráveis; pistas preciosas sobre os hábitos alimentares, as referências estéticas e o comportamento cultural dos apodienses.

Serviço:
Sala do Artista Popular - "As malas bordadas de Apodi"

Período: 20 de maio a 26 de junho de 2011
Exposição e venda:
Terça a sexta-feira, das 11h às 18h
Sábados, domingos e feriados, das 15h às 18h

Realização
Associação Cultural de Amigos do Museu de Folclore Edison Carneiro
Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular/Iphan/Ministério da Cultura
Patrocínio
Caixa Econômica Federal
Informações
Setor de Difusão Cultural
(21) 2285-0441, ramais 204, 205 e 206
difusao.folclore@iphan.gov.br
Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular (CNFCP)
Rua do Catete, 179 (metrô Catete), Rio de Janeiro, RJ 22.220-000


Fonte:
Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular

BAU MOCORONGO - ARTISTAS PARAENSES


Baú Mocorongo - Maria lídia
O espetáculo tem o seu repertório baseado em músicas de autores mocorongos, como Wilson Fonseca, Ruy Barata,
Felisbelo Sussuarana, Pedro Santos, Sebastião Tapajós, Maria Lidia, Beto Paixão e outros.

O aniversário da bela cidade de Santarém, no Baixo-Amazonas, que completa 350 anos, será no próx. dia 22 de junho.

Serviço
Show BAÚ MOCORONGO – com Andréa Pinheiro, Maria Lidia, Olivar Barreto e convidados
Teatro Margarida Schivasappa do Centur/Projeto Uma Quarta de Música
Dia 01 de junho, às 20h00
Ingresso: 10 reais (estudante paga meia-entrada)
Apoio/Patrocínio: Ainda não há

Fontes:
Abaribó
Mega Portal Belém Web

segunda-feira, 30 de maio de 2011

RICK WAKEMAN - MÚSICO INGLÊS


Richard "Rick" Christopher Wakeman (Londres, 18 de maio de 1949) é um tecladista de rock progressivo britânico. Ele é um pianista clássico treinado, e tornou-se bastante famoso por sua virtuosidade. Nos primeiros anos de sua carreira ele foi um pioneiro no uso de teclados eletrônicos e seu nome tornou-se sinônimo de tecladista cercado por uma vasta gama de equipamentos.

Wakeman alcançou a fama em 1970 tocando com a banda The Strawbs, juntando-se ao Yes em 1971. Ele entrou e saiu da banda pelo menos quatro vezes, reflexo de um relacionamento turbulento com o grupo. Em 2002 ele voltou ao Yes pela quinta vez.
Wakeman tem uma carreira solo extremamente longa. Ele também tocou como músico convidado para artistas como Elton John, Brian May, Alice Cooper, Lou Reed, David Bowie, Ozzy Osbourne e Black Sabbath.

Rick Wakeman é considerado um dos pais do Rock Progressivo e do Rock Sinfônico. Wakeman é um tecladista brilhante, sendo considerado por muitos, como as mãos mais ágeis dentre todos os tecladistas. Utiliza pianos acústicos, elétricos e eletrônicos; sintetizadores; Minimoog; Mellotron; todos os tipos de teclados; órgãos, órgão Hammond; clavicórdios e tudo que tenha teclas.

Wakeman produziu centenas de álbuns com os mais variados temas. Desde lendas míticas da antiga Inglaterra até o Espaço Sideral, passando por reis, rainhas, temas astrológicos, trilhas sonoras para filmes dentre outros. Produziu tantos álbuns em sua carreira musical que nem mesmo o próprio tem certeza de quantos álbuns produziu ou participou ao todo.

Dois de seus filhos, Adam Wakeman e Oliver Wakeman, também seguiram a carreira de tecladistas, sendo o filho Oliver o que mais se aproxima do estilo do pai. Adam Wakeman é o atual tecladista da banda de heavy metal Black Sabbath e toca muito com o pai aparecendo em diversos álbuns e shows.

Assista um vídeo de Rick Wakeman:




Fontes:
Wikipédia
You Tube
Imagem
blogs.mirror.co.uk

domingo, 29 de maio de 2011

CD "PRIMEIRO PASSOS" - LANÇAMENTO


Show de lançamento do CD "Primeiros Passos"- Dos alunos da Sevenote

Dia e hora
terça, 31 de maio · 18:00 - 21:00
Localização
Teatro Estação Gasômetro


Fonte:
Sevenote via Facebook

Mais informações
Participação da cantora Juliana Sinimbú e do Grupo Marajazz.
Direção: Fabrício Figueira e Idaias Souto.
Coordenação de Produção: Nívia Ribeiro.
Ass. de Prod.:Verena Juliana.
Ass. de Imprensa: Anna Marçal.
Realização: Sevenote Produções e Eventos.

sábado, 28 de maio de 2011

MARIO GRUBER - EXPOSIÇÃO "O GRANDE MESTRE MARIO GRUBER"


Exposição " O GRANDE MESTRE MÁRIO GRUBER "

Sobre o artista:
Mário Gruber Correia (Santos SP 1927), autodidata em pintura, inicia seus trabalhos em 1943. Três anos mais tarde, em São Paulo, estuda com o escultor Nicola Rollo na Escola de Belas Artes de São Paulo, e passa a pintar em praça pública, quando trava contato com Mario Zanini e Bonadei. Trabalha com Di Cavalcanti e estuda gravura com Poty, durante 1948. Com bolsa de estudos do governo francês viaja, em 1949, para Paris, onde estuda na École Nationale Supérieure des Beaux-Arts com Édouard Goerg. Ao retornar para o Brasil, funda o Clube de Arte, em Santos, e leciona gravura na Escola de Artesanato do Museu de Arte Moderna de São Paulo, entre 1951 e 1953. Neste ano, trava contato, em Santiago do Chile, com o muralista Diego Rivera, que lhe transmite ensinamentos sobre materiais e técnicas da pintura mural. Funda a União dos Artistas Plásticos de São Paulo em 1956.

Entre 1961 e 1964, leciona gravura em metal na Fundação Armando Álvarez Penteado. Na década de 70, monta oficina onde trabalham vários artistas, entre eles Wesley Duke Lee e Frederico Nasser. Dedica-se em especial à calcografia e produz edições de gravura em metal na Impremérie Georges Leblanc, Paris. A partir de 1979, monta ateliê em Nova York, quando divide suas atividades entre esta cidade, Paris e São Paulo. Em 1982, é homenageado com o curta-metragem A Arte Fantástica de Mário Gruber, de Nelson Pereira dos Santos.

Serviço:
Hora
quarta, 1 de junho às 19:00 - 15 de junho às 18:00
Localização
Galeria 22
Al. Gabriel Monteiro da Silva , 2057 - sobreloja
São Paulo, Brazil

Mais informações
Abertura dia 1 de junho de 2011 - quarta-feira, das 19h às 22h

Exposição de 02 a 15 de junho de 2011
Segunda a sexta das10h às 18h
Sábado das 10 às 17h

Para mais informações : (11) 3742 - 0294


Fontes:
Hugo Arruda Pereira via Facebook
ESCRITÓRIO DE ARTE. COM
Imagem:
Pinturabrasileira.com

sexta-feira, 27 de maio de 2011

MARAVILHAS DO MUNDO - DOLMABAHCE PALACE - ISTAMBUL





















Dolmabahçe em Istambul, Turquia, localizado no lado europeu do Bósforo, foi o principal centro administrativo do Império Otomano.
A construção, de cinco milhões de Mecidiye otomano, moeda de ouro, o equivalente a 35 toneladas de ouro. Quatorze dessas toneladas de ouro foram utilizadas para dourar os tectos do palácio dos 45.000 metros quadrados.


Fonte:
Zuza Fun

"PAIXÃO FOSCA"


"Paixão Fosca" em cartaz no Teatro Maria Sylvia Nunes

Um triângulo amoroso muito além da concepção maniqueísta, do belo e do feio, do certo e do errado. O conflito vivido por cada personagem nos convida a uma identificação imediata e nos engana dentro de nossos próprios valores: qual seria o limite entre o amor excessivamente dedicado e a mais pura obsessão? Estas são as principais nuances do drama Paixão Fosca, de volta aos palcos para sua terceira temporada, menos de um ano meio desde a sua estréia, em 2009.

A montagem estará em cartaz no teatro Maria Sylvia Nunes - na Estação das Docas - nos dois últimos finais de semana de maio (20, 21, 22, 27, 28 e 29), sempre às 20h. Adaptação da obra ‘Fosca’, do romancista italiano Iginio Ugo Tarchetti, a montagem paraense é assinada e dirigida pelo jovem dramaturgo Guál Dídimo, que ano passado despontou ao ser o responsável pela encenação do bem-sucedido musical ‘Ópera Profano’.

Saiba mais "AQUI"

Serviço:
Nova temporada do espetáculo “Paixão Fosca”, de Guál Dídimo

Data: 20, 21, 22, 27, 28, 29 de maio
Horário: 20h
Local: Teatro Maria Sylvia Nunes, na Estação das Docas
Ingressos: R$ 20, com meia entrada para estudantes

Informações: www.paixaofosca.com.br

Siga: @PaixaoFosca


Fonte:
Guiart.com.br

quarta-feira, 25 de maio de 2011

ALBA MARIA - "SEXTA BRASIL"

BANDA SAYONARA - CONVITES

http://www.blogger.com/img/blank.gif

PROMOÇÃO
BANDA SAYONARA E VOCÊ!!!

O Lance é o seguinte: Durante essas 5
DÉCADAS de Sucesso da Banda Sayonara, qual Música TOCOU a sua vida? DEIXE
SUA HISTÓRIA NO BLOG NA MÍDIA PARÁ, acessando o link abaixo:

http://migre.me/4CnuR


Fonte:
Banda Sayonara via Orkut

HEITOR DE PEDRA AZUL CONVIDA


Caiubista amigo que vive na França nos envia o convite para sua apresentação.

O artista por ele mesmo:

Eu me chamo Heitor Henrique Almeida Araujo

Nasci em Belo Horizonte porque o médico/amigo da família e da minha mãe, Dr. Henrique Horta, morava/trabalhava em BH, no hospital Vera Cruz, mas sou de Pedra Azul - MG.

Lá, vivi a minha infância e um bom pedaço da adolescência.

Fui estudar no Rio de Janeiro, aos 15 anos.

Lá, fiz o curso clássico e estudei direito, na Faculdade de Direito da Universidade Federal Fluminense, Niterói. Atravessei a Baia de Guanabara durante alguns anos, mas não sou advogado. Sou artista mesmo e vaqueiro.

Estudei música no Conservatório Brasileiro de Música e na Escola de Musica Lorenzo Fernandes, RJ. Canto com o professor Marçal Romero e violão com o professor Juarez Maia de Carvalho (dois grandes heróis!). Ah! E houve a Maria Olivia e a Maria Ivanira também.

Estudei música também na Escola Villa Lôbos: ritmos e sons, um pouco de teoria, mas sou leigo, autodidata.

O meu grande mestre sempre foi o povo, a cultura popular.

Sou autor / professor / ator e diretor de teatro. Aprendi muito com a minha mãe Mariade de Almeida e com o povo. O resto eu desenvolvi na base da pesquisa e da prática.

Quando fui para o Rio, um produtor me disse que Heitor de Pedra Azul deveria ser o meu nome artístico! Foi o Carlinhos, lá na casa do Antônio Krisna, o flautista/contrabaixista que tocava comigo na época.

O Paulinho Pedra Azul é meu irmão de música desde neném! A gente brincava de tocar violão e de compor. Chegamos a ensaiar "A Festa no Infinito", do compadre Toju, meu colega de seminário, de maneira bem teatral... Mas os meninos disseram que iam jogar tomates em nós. Aí a gente não se apresentou no "Círculo de Estudos do GPA". Mas continuamos a desenvolver o nosso trabalho. Ele, Paulinho, foi pra São Paulo mais tarde e eu já morava no Rio. Adoro o trabalho dele. E ele também! Paulinho é uma pessoa séria, bem humorada, amiga, um caboclo pedrazulense exemplar! Com muita música e literatura!

Assista um vídeo de Heitor de Pedra Azul:

" Ësse Ouro " por heitordepedrazul


Fontes:
Heitor de Pedra Azul por e-mail
Daylimotion

terça-feira, 24 de maio de 2011

ABDIAS DO NASCIMENTO - ESCRITOR, EX-POLÍTICO E ATIVISTA SOCIAL BRASILEIRO


Faleceu nesta manhã de terça, 24, no Rio de Janeiro, o escritor Abdias do Nascimento. Poeta, político, artista plástico, jornalista, ator e diretor teatral, Abdias foi um corajoso ativista na denúncia do racismo e na defesa da cidadania dos descendentes da África espalhados pelo mundo. O Brasil e a Diáspora perdem hoje um dos seus maiores líderes.

O AGADÁ DA TRANSFORMAÇÃO
Abdias Nascimento

Em meu peito vazio de despeito
Oxum fincou o seu ixé
sou o peixe mergulhado
no canto do pássaro odidê
pousado na folha da vida
trinando a ternura
que aconchega a criança

Ó peixe dourado que vais nadando
os dias e as noites da minha sorte
emblema de Oxum me levando
águas de Oxalá me lavando
no banho lustral da minha morte

Existo em minha natureza Ori
levedado pelos Orixás
embora o costado dos ancestrais
clame
a costa dos escravos
proclame
o cravo cravado no lombo
me tombando no tombo
da contra-costa rebelada do meu axé
inflamando na chaga do congo
a chama incendiária do quilombo

basta ouvir o som grave do rum
o repicar do rumpi
o picar agudo do lé
e as irmãs negras portadoras do sofrimento
os homens moldados nos crepes ancestrais
em uníssono clamor
de convulsivo furor
desde a degradação e o opróbrio
desfraldam a bandeira
úmida do sangue negro derramado
no combate vermelho sempre continuado
pela integridade verde da herança nativa poluída

Somos a semente noturna do ritmo
a consciência amarga da dor
florescida aos toques anunciadores
da perenidade das coisas vivas
(...)

Ouçamos o pipocar do couro retesado
(ó agadá da transformação)
rompendo a couraça do insensível mundo
branco
na sola dos pés sangrentos
temos dançando
o madrigal da escravidão
o minueto do tráfico
o fado do racismo
agora na pele flamejante dos tambores
dancem eles o nosso baticum de guerra
até despontar aquela aurora
de dançar o afoxé da nossa batalha final vitoriosa
(...)

Tempo de viver
(ensina Ajacá)
é tempo de morrer
uns já estão mortos
vivendo
nós estaremos vivos
morrendo

Morrer enquanto cintila no meu peito
o ixé áureo de Oxum
enquanto caminho a ancestralidade da minha
terra
nas pegadas temerárias de Ogum
ao fio do agadá
transformo a queixa muda das irmãs negras
neste canto marcial de esperança
de cada soluço teu
irmão
faço uma bala de fuzil
impeço que a bondade amoleça tua revolta
e tua dança perca o embalo da trincheira
tornando tua coreografia
grávida de símbolos
em vil moeda de espetáculo mercantil

Vem do fundo escuro do tambor
esse aflito olhar magoado
(não vencido apenas derrotado)
das irmãs e irmãos em África
fixo olhar pungente
absorvendo a beleza vital do meu corpo
incrustação do ixé
projeção amorosa de Oxum
em minha origem plantado
por desígnio paterno de Olorum
o olhar a devolvendo
à intensidade e pungência
da antiga luta comum
processada à regência
do agadá transformador
e do nosso cálido
recíproco
e solidário amor

Ogunhiê!

Salvador, 14 de janeiro de 1982
(Dia da lavagem do Senhor do Bonfim).



Sobre o escritor:
Abdias do Nascimento nascido em Franca, 14 de março de 1914 e falecido em 24 de maio de 2011, ex-político e ativista social brasileiro.

Foi um dos maiores defensores da defesa da cultura e igualdade para as populações afrodescendentes no Brasil, intelectual de grande importância para a reflexão e atividade sobre a questão do negro na sociedade brasileira. Teve uma trajetória longa e produtiva, indo desde o movimento integralista, passando por atividade de poeta (com a Hermandad, grupo com o qual viajou de forma boêmia pela América do Sul), até ativista do Movimento Negro, ator (criou em 1944 o Teatro Experimental do Negro) e escultor.

Após a volta do exílio (1968-1978), insere-se na vida política (foi deputado federal de 1983 a 1987, e senador da República de 1997 a 1999), além de colaborar fortemente para a criação do Movimento Negro Unificado (1978). Em 2006,em São Paulo, criou o dia 20 de Novembro como o dia oficial da consciência negra. Recebeu o título de Doutor Honoris Causa da Universidade de Brasília.[1] É autor de vários livros: "Sortilégio", "Dramas Para Negros e Prólogo Para Brancos", "O Negro Revoltado", e outros.[2]

Foi Professor Benemérito da Universidade do Estado de Nova York e doutor "Honoris Causa" pelo Estado do Rio de Janeiro, grande militante no combate à discriminação racial no Brasil.

Assista aqui a dois vídeos de Abdias do Nascimento:





Fontes:
Wikipédia
Site de Abdias do Nascimento
You Tube

JAZZVAIRADO TRIO CONVIDA


Jazzvairado Trio

Formado pelos músicos paraenses Bob Freitas, Cassio Lobato e Mário Jorge o grupo mostrará ao público do Dom Câmara o melhor do Jazz. Para os apreciadores deste ritmo musical é realmente um programa imperdível.

Serviço:
Jazvairado Trio

Local: Dom Câmara
Data: 25.05
Hora: 21:00h

HOJE É O ANIVERSÁRIO DE BOB DYLAN


Bob Dylan completa 70 anos em meio a boatos de retorno ao Brasil



Em meio a boatos sobre mais uma passagem pelo Brasil, desta vez para se apresentar no festival SWU, o cantor e compositor norte-americano Bob Dylan comemora nesta terça-feira (24) 70 anos de idade com uma das mais prolíficas carreiras do rock. Em meio século de estrada, foram lançados 56 discos do músico, entre álbuns de inéditas, coletâneas e performances ao vivo.

A importância de Dylan para a música é tão grande que, em 2008, ele foi eleito pela revista norte-americana Rolling Stone o segundo mais influente artista de rock de todos os tempos , ficando atrás apenas dos Beatles. Além disso, a mesma publicação o elegeu o sétimo melhor cantor do mundo pop e colocou sua composição Like a Rolling Stone, de 1965, como a melhor canção já escrita na história da música.

Leia mais "AQUI"

Assista um vídeo de Bob Dylan:



Fonte:
Jornal do Brasil
You Tube
Imagem:
tvroc.com.br

PREMIO IMPRENSA EMBRATEL


Inscrições abertas para o 13º Prêmio Imprensa Embratel

Novidades marcam a abertura das inscrições para o 13º Prêmio Imprensa Embratel
Entre elas está a criação da categoria de Reportagem sobre Educação

A partir de hoje jornalistas de todo o País pode fazer suas inscrições para o Prêmio Imprensa Embratel, uma das mais importantes iniciativas para o reconhecimento de trabalhos jornalísticos.

O Regulamento e a Ficha de Inscrição da Edição 2011 já estão disponíveis no hotsite:
www.premioimprensaembratel.com.br e nos sites da Embratel, do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro e da Arfoc (www.embratel.com.br /
www.jornalistas.org.br / www.arfoc.org.br) .

Para este ano, podem ser inscritas reportagens publicadas entre junho de 2010 e maio de 2011, em todas as mídias (rádio, televisão, jornal, revista e internet). As inscrições serão encerradas no dia 16 de julho de 2011.

Patrocinado pela Embratel, com o apoio do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro, da Associação Profissional dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Rio de Janeiro (Arfoc) e realizado pelo Instituto Embratel, o Prêmio Imprensa Embratel destaca-se pela independência, pela abrangência nacional e pelo estímulo à produção de reportagens sobre grandes temas, representando uma efetiva contribuição para a inclusão social e a promoção do desenvolvimento sustentável do Brasil.


Fonte:
Site do Premio Imprensa Embratel

WORKSHOP DE DANÇA COM MARILENE MELO


Workshop de DANÇA com MARILENE MELO

De 7 a 10 de junho de 2011 das 14h as 18h na Sala Líbero Luxardo do Centur.

Inscrições no www.amazoniaimaginaria.org/forms/inscricao

Investimento: R$ 100,00 (cem reais)

Aceitamos cartões de crédito, débito e boleto bancário.

Faça sua inscrição até 31 de maio e ganhe 50% de desconto.

Informações: contato@amazoniaimaginaria.org ou (91) 3031.4498.

DANÇA, Emoção no Corpo - CULTURA, um Mix de Emoções.


Fonte:
Amazônia Imaginária via e-mail

segunda-feira, 23 de maio de 2011

DELCLEY MACHADO - MÚSICO PARAENSE


Show de Lançamento do Cd "Temporal" de Delcley Machado

Sobre o artista:

Nascido em Belém, no dia 19 de Dezembro de 1973, músico autodidata, começou seu interesse pela música em 1982, tocando cavaquinho, influenciado por seu pai.

A trajetória musical de Delcley tem início no choro, com passagem pelo Rock, MPB e ancorado no Jazz, como seu principal porto. Tem sido caracterizado pelo seu virtuosismo e sensibilidade, lapidados no seu decorrer de seus 20 anos de carreira, onde integrou-se a vários trabalhos de diferentes expressões no Estado como Walter Freitas, Vital Lima, Mosaico de Ravena, Alcir Guimarães, Lula Barbosa, Rafael Lima, Mini Paulo, Cláudio Nucci, Ney Conceição, Nego Nelson, Tinoco Costa, Luis Pardal, Amazônia Jazz Band, Andréa Pinheiro, Adelbert Carneiro, Magrus Borges, entre outros.

Assista um vídeo de Delcley Machado:



Fontes:
Mega Portal Belém WEB
You Tube

RECEBO PREMIO DO POETAS À FLÔR DA PELE


Fazer parte do Poetas à Flôr da Pele é uma grande honra. Ser homenageado pela Poetas à Flôr da Pele então...

Muito Obrigada!

Para Soninha Porto e para todos os que fazem essa excelente comunidade literária que tanto enobrece a nossa poesia.

domingo, 22 de maio de 2011

JAAK BOSMANS - POEMAGEM


"Colaborador de Ouro" de nosso Blog, Jaak Bosmans, nos presenteia com essa belíssima poesia "Prá Depois".

Muito obrigada, Poeta amigo!

sábado, 21 de maio de 2011

"LA PIEL QUE HABITO" - PEDRO ALMODÓVAR


"La Piel que Habito", o novo filme de Pedro Almodóvar, ganhou neste sábado o Prêmio da Juventude em Cannes, que foi recebido por seu irmão Agustín Almodóvar, produtor e roteirista do longa.
O filme, protagonizado por Elena Anaya, Antonio Banderas e Marisa Paredes, foi escolhido como o melhor da seleção oficial por sete jovens cinéfilos de 18 a 25 anos.

Assista ao trailler de "La Piel que Habito":


Sobre Almodóvar:
Pedro Almodóvar Caballero (Calzada de Calatrava, 24 de setembro de 1949) é um cineasta, ator e argumentista espanhol.
Almodóvar nunca pôde estudar cinema, pois nem ele nem sua família tinham dinheiro para pagar seus estudos. Antes de dirigir filmes foi funcionário da companhia telefônica estatal, fez banda desenhada (desenho em quadrinhos), ator de teatro avant-garde e cantor de uma banda de rock, da qual participava travestido. Foi o primeiro espanhol a ser indicado ao Óscar de melhor diretor. Homossexual assumido, seus filmes trazem a temática da sexualidade abordada de maneira sublime.


Fontes:
Wikipédia
Google Images

I FESTIVAL DA CANÇÃO ANANIN

Cartaz oficial do 1º Fecanindeua
Começa hoje com a primeira semifinal iniciando a partir das 20:00h na casa de Shows Cangalha, localizada na Br-316 em frente a Belém Importados.

O I Festival da Canção Ananin conta com o incentivo da Lei Semear do Governo do Estado e com o patrocínio da Y.Yamada e será aberto para todo Brasil.


Para maiores informações ou mesmo para seguir o Blog oficial do I Festival da Canção Ananin, clique "AQUI"

REVISTA JOÃO DO RIO PUBLICA CONTO ERÓTICO DE LÍGIA SAAVEDRA


REVISTA JOÃO DO RIO PUBLICA CONTO ERÓTICO DE LÍGIA SAAVEDRA

Fazer parte de uma revista como a Revista Internética João do Rio é uma grande honra para qualquer poeta e escritor pois ela divulga os maiores nomes de nossa literatura.

Agradeço a publicação de "Um delírio, um prazer".

Muito obrigada à todos os que fazem esse importante veículo de divulgação literária !

sexta-feira, 20 de maio de 2011

GIGI FURTADO MARAVILHOU COM CLARA NUNES






3º TRIBUTO A CLARA NUNES - CONTO DE AREIA

Com o teatro lotado foi um sucesso o espetáculo musical de Gigi Furtado. Foram vinte músicas interpretadas pela excelente cantora e seus convidados maravilhando o público que cantando junto aplaudiu de pé o talento, a voz, a simpatia e toda a produção do show.

Estive lá, cantei e agradeço a Gigi, "minha filha que canta", como a chamo carinhosamente, pelo mágico momento.

ANDRÉA PINHEIRO CONVIDA


Sobre a cantora:
Andréa Pinheiro é paraense, cantora e instrumentista. Desenvolve, profissionalmente, a atividade musical, apresentando-se em teatros e casas noturnas, participando de shows e festivais. Durante 7 anos (1994 a 2000) foi cantora oficial da OSTP (Orquestra Sinfônica do Teatro da Paz), cantando com a formação da Amazônia Jazz Band.

Assista um vídeo de Andréa Pinheiro:





Fontes:
Andréa Pinheiro por e-mail
Conexão Vivo
You Tube

quinta-feira, 19 de maio de 2011

3ª FESTA DO CLUBE CAIUBI


O EVENTO MÁXIMO DOS COMPOSITORES BRASILEIROS: 3ª. FESTA DO PRÊMIO CAIUBI EM MAIO

O Clube Caiubi de Compositores completa nove anos de existência com vários motivos para festejar. Além de ser a maior rede virtual brasileira de compositores, com quase sete mil integrantes (incluindo valores revelados nacionalmente pelo Caiubi, como Sonekka, Lúcia Helena Corrêa e Lis Rodrigues, e veteranos agregados como Tavito, Luhli, Celso Viáfora, Clarisse Grova e o saudoso Zé Rodrix), o Caiubi é também uma agremiação nada desprezível no mundo real: suas reuniões em shows e eventos já ultrapassaram há muito as fronteiras da cidade de São Paulo, realizando-se em vários pontos do Brasil e também em cidades estrangeiras como Buenos Aires e Guadalajara. E agora é a vez de mais uma destas reuniões paulistanas: a terceira edição do Prêmio Caiubi, como reconhecimento aos associados que mais se destacaram em determinadas áreas da produção musical no ano de 2010.

A festa de entrega do Prêmio Caiubi 2011 será realizada em 25 de maio, quarta-feira, às 21 h, no Café PiuPiu (Rua 13 de Maio,134, no bairro paulistano do Bixiga), com ingressos a R$ 10; o evento incluirá shows de vários caiubistas e será transmitido ao vivo pela Internet.

As categorias a serem premiadas e seus candidatos são:

1 - Compositor do ano

Cardo Peixoto
Marco Araujo
Eller
Sonekka
Zebeto Correa

2 - Canção na página do Caiubi (www.clubecaiubi.ning.com)

“Estrelas Caídas” (de Marco Araújo e Luciane Lopes)
“Embora” (de Tavito e Alexandre Lemos)
“Mais um Dezembro” (de Irineu de Palmira e Esther Alcântara)
“Dia de São Nunca” (de Márcio Policastro e Léo Nogueira)
“Cebola Crua” (de Lucia Helena Correa)

3 - Colaborador
Douglas Pessanha: incentivador de projetos internos, divulgação e suporte aos usuários
Lucinda Prado: fomentou projeto de um livro reunindo contos escritos por caiubistas com pendores literários
Paulo Faraco: criou e pôs em prática um programa de rádio exclusivamente de música feita por caiubistas, além de abrir caminho para shows de artistas do Caiubi em várias partes do Estado de São Paulo
Rolan Crespo: além de coordenar e apresentar as Segundas Autorais em São Paulo, controla o caixa dedicado a fomentar projetos do Caiubi
André Lemos: criou e estimulou as noites autorais no Rio de Janeiro, atraindo compositores cariocas de peso

4 - Divulgador

Lis Rodrigues: tem ligado o Caiubi a outras redes sociais como o facebook
Paulo Faraco: faz divulgação em emissoras de rádio
Marcio Celi: faz divulgação em emissoras de rádio
Marcos Assis: faz divulgação detalhada de redes regionais ligadas ao Caiubi
Célia Braga: produz videos e faz divulgação internacional
Monsyerrá Batista: promove integração entre diversas frentes caiubistas

5 - Parceria formada através da página do Caiubi

Anja, Josino e Lio de Souza
Marco Araujo e Luciane
Marcela Viciano e Esther Alcantara
Tatiana Cobett e Marcoliva
Vuldemberg e Evaristo filho

6 - CD do ano

“Vambora”, Glaucia Nahsser -
“Co'as goela e tudo”, Roney Giah e Perseptom
“Valsa da Vida”, Iso e Tato Fischer
“Felicidade.exe”, Elio Camalle -
“Melhor de 3’, Guilherme Rondon

7 - Melhor página no site do Caiubi

Lucinda Prado
Ana Paula Fumian
Os Joões
Tavito
Katya Chamma

8 - Melhor letrista

Alexandre Lemos
Eller
Luciane Lopes
Leo Nogueira
Esther Alcantara

9 - Melhor vídeo

“Bosconeana” (Alvaro Cueva), Alvaro Cueva
“Jequitinhonha” (Carlos Lucena e Alysson), Clarissa Grova
“O Espelho Invertido” (Marco Araujo e Caio Martinez), Luciane Lopes)
“Logo eu” (Sonekka/Zé Edu), Renata Pizi e Isadora Rovai
“Anália Foi Depois” (Susie Mathias e OsWhaldo Rosa)

10 - Intérprete

Bete Sá
Renata Pizi
Marcio Celi
Pedro Moreno
Lis Rodrigues
Marcelo Barum

11 - Projeto Lítero-Musical (projetos que acontecem em São Paulo e que gozam de prestígio junto à comunidade autoral da cidade)

Comboio de Cordas
Quanto Vale Uma Canção
Sopa de Letrinhas
Sarau da Meirinha
Quarta Quarta com Tato Fischer

12 - Show caiubista

Lucia Helena Correa
Tato Fischer
Todos Acordes (Alvaro Cueva, Alê Cueva e Leo Costa)
Clarisse Grova
Marcio Celi e Roberto Haag

13 - Homenagem do Caiubi (grandes colaboradores e amigos falecidos no ano de 2010)

Toninho Spessotto - jornalista, radialista e compositor
Caito Spina - compositor

Clube Caiubi de Compositores - Onde a música nova se encontra
clubecaiubi.ning.com
Rede social de produtores, músicos, intérpretes e principalmente, compositores
Visite Clube Caiubi de Compositores em: http://clubecaiubi.ning.com/?xg_source=msg_mes_network

"CAÇADOR DE LEMBRANÇAS" O LIVRO QUE NASCEU EM UM HOSPITAL


A dura rotina de enfrentar uma doença sem cura e a longa permanência num leito hospitalar sem perspectiva de alta, levou o paciente João Carlos Siqueira Rodrigues, 37 anos, a expressar sua luta e seu sofrimento através das palavras no seu primeiro livro “Caçador de lembranças” - A história real de um homem que transformou seu sofrimento em poesia.

Portador de Polirradiculoneuropatia inflamatória crônica, uma doença degenerativa progressiva e incurável, João está há três anos internado no Hospital Evangélico de Curitiba. Sempre bem humorado João é um exemplo para todos que diariamente convivem com ele. “Sua força sempre foi a fé, esperança e muito amor pela vida”, diz a psicóloga Vera Barreto que o acompanha desde o início de sua hospitalização. “João é incansável na luta pela sua recuperação e cura. Dentro dele não existe a impossibilidade”, comenta a psicóloga.

O exemplar custa R$ 30,00 e pode ser encontrado na loja do Voluntariado do Hospital Evangélico ou com o próprio paciente pelos telefones (41) 8522-2418 ou 8519-2312 com Sandra.


Fonte:
Hospital Evangélico

COPIE E LEVE COM VOCÊ O NOSSO BLOG E A COR DO AÇAÍ.

BannerFans.com

Recado

Paixaoeamor.com