Ajuruteua

Ajuruteua

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

"FLORILÉGIO" - LÍGIA SAAVEDRA


FLORILÉGIO

Havia de chover amor
evoco o animismo
separo-me do vento
empurrando o sol pelo azul
e voo...

Jorrando florilégio
espalho cálices, corolas,
estames e pistilos
embaralhando cores, fragrâncias
floresço pessoas
das que sei ou desconheço.

Dentes-de-leão, perfumadas rosas
brotam em meu jardim impressionista
umbelíferas e liláceas
botões-de-ouro e rosas
orquídeas extasiantes e camélias
mostram-se também na florada
reverdecendo o Mundo.

A fitologia me permite criar
girassóis e narcisos camaradas,
gramíneas e lírios-amarelos
ao término do floreio
vê brotando sorrisos
e encontra no éter
as pinceladas
da evolução da vida
que premiada, nos reúne
em torno de uma donzela romana
coroada de mirto e flores de romã.

Há Amizade!
Há primavera!

LÍGIA SAAVEDRA

Obs:
Esta postagem agora revisada, foi postada em sua versão original no Overmundo em 29.10.2007

Imagem:
www.terracams.com.br

Um comentário:

  1. Há Amizade!
    Há primavera!
    Há florilégio minha querida Ligia Saavedra,
    parabéns, linda poesia minha querida amiga...23 de setembro início da mais linda das estações do ano...
    Semel Carvalho

    ResponderExcluir

COPIE E LEVE COM VOCÊ O NOSSO BLOG E A COR DO AÇAÍ.

BannerFans.com

Recado

Paixaoeamor.com