Ajuruteua

Ajuruteua

domingo, 4 de abril de 2010

O DELÍRIO E A FOME (ou um sonho psicodélico)


Huum! Hoje o céu partiu e ovos fritos de lá caíram
Havia uma nuvem de queijo que escorria com o calor
Nas ruas de omeletes brotavam em cada esquina um sanduíche
E as árvores de brócolis sombreavam os pés de alface com aliche.
.
.
.A baía em frente à cidade transformada em uma enorme bacia de gelo
Guardava toneladas de peixes limpos e temperados
Nos cinemas lotados de pipocas, as galinhas em fila aguardavam
Para mandarem os ovos pro céu que ao sol fritavam.
.
.Os doces correndo atrás dos homens tropeçavam nas crianças, que adoravam!
Saladas em desalinho vagavam pelas praças a recolher seus pedaços
Enquanto tomates que pulavam de galho em galho caiam no chafariz
E bifes acebolados e sem cebola voavam a altura do nariz.
.
.Rios de suco jorravam dos hidrantes refrescando a tarde.
E a farofa acompanhada do feijão com arroz
Formava um grande congestionamento atrás do macarrão à bolonhesa
Que sucumbia à deliciosas pizzas de mussarela com calabresa.
.
.Tortas de chocolate, pavê de maracujá e sorvete do morango
Saltavam a nossos olhos na hora de respirar
Até o cafezinho aguardava a sua hora no canto da padaria
Bastava dobrar a esquina que ele logo aparecia.
.
.Houve um certo burburinho na rua da macarronada
Nascera uma discussão entre a laranja e a feijoada
Uma dizia: "Sua gorda!" A outra gritava: "Voce não presta"
Mas a couve logo pos fim a discussão indigesta.
.
.E assim, meu caro estômago, vou tentando te enganar
Não adianta roncar, doer, se manifestar
Contente-se com esta história que contei com maestria
Esqueça a palavra fome pois amanhã é outro dia.
.
.LÍGIA SAAVEDRA
.
.Publicado no Overmundo em 12.10.2007

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COPIE E LEVE COM VOCÊ O NOSSO BLOG E A COR DO AÇAÍ.

BannerFans.com

Recado

Paixaoeamor.com