Ajuruteua

Ajuruteua

quarta-feira, 7 de abril de 2010

CINTIA THOMÉ, O ESPELHO E A CHUVA DO RJ


Cintia Thomé, minha companheira de Overmundo, escreve com a alma e hoje a homenageio aqui neste espaço publicando ESPELHO, onde ela descreve a aflição que provocou a chuva que cai no Rio Janeiro neste momento, enlutando centenas de famílias.
No rodapé Cintia Thomé by Cintia Thomé.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.


ESPELHO
.
.Bem distante bem distante
No traço do arco íris
a íris da menina
Que ainda espelha tua cara
Esses olhos
em cores, muitas cores
.
.Bem distante bem distante
Lá adiante eu posso
Rodeando a flor de pedra
Galgando entre os espinhos
Ir ao topo do sol ardente
explodindo crisálida
desse amor que não deu em nada
mas foi por tua cara
que arrebentou meu coração
fragmentos de espelho
e esse teu corpo tão distante
bem distante, bem distante
despedaçou-se
Em toda a minha lágrima
Lágrima...
.
.
Cíntia Thomé

.Formada em Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade (PUCC - Campinas/SP e Casper Líbero/ SP) e em Pedagogia. Professora universitária em Comunicação Social(PUC). Trabalhou no jornal Diário do Povo de Campinas. Foi jornalista responsável pelo house-organ da Cia. Leco de Produtos Alimentícios. Durante quase dez anos exerceu o cargo de Assessora de Imprensa e Relações Públicas (concursada) do Instituto Agronômico de Campinas e depois na Secretaria da Agricultura do Estado de São Paulo (Guilherme Afif Domingos). Trabalhou como "free" na Editora Abril e Revista Claudia. Trabalhou com Artes Plásticas, com Galeria por 12 anos.Ganhadora Prêmio pelo trabalho jornalístico sobre "Duque de Caxias e Integração Nacional" do Exército Brasileiro. Recebeu entre outros, o Prêmio "Raimundo Corrêa", novos Poetas Brasileiros, com a Poesia "Receita", do Rio de Janeiro, RJ, e o Prêmio Brasiliense com a Poesia "Até Onde". Vencedora do I Prêmio Literário de Poesia da Canon do Brasil - 20 a. Bienal Internacional do Livro de São Paulo. Participou de inúmeras Antologias Poéticas. Autora de livros como 'Olhos de Folha Minha', lançado em abril/2008.Hoje, participa ativamente no campo jornalístico de sites de cultura e das artes plásticas, e proferindo palestras sobre História da Arte Brasileira, eventos culturais(exposições e eventos de Literatura) e empresas e dedicando seu tempo ao estudo da Poesia nacional e estrangeira. Outros livros virão....
.
.
.

2 comentários:

  1. Eu falo das grandes cidades...dos tempos ruins e dos belos...e os amores e a necessidade de sol para não chorar...não apagar tanto, com tanta lágrima...
    Obrigado Amiga!!!!!

    Bju

    ResponderExcluir
  2. Amiga Li, estou aqui hoje, lendo com vagar suas letras lindas. Suavidade aqui Está tudo em harmonia e paz. Um beijo gde.

    ResponderExcluir

COPIE E LEVE COM VOCÊ O NOSSO BLOG E A COR DO AÇAÍ.

BannerFans.com

Recado

Paixaoeamor.com