Ajuruteua

Ajuruteua

quinta-feira, 24 de junho de 2010

O VALOR DOURADO DO OLHAR


O VALOR DOURADO DO OLHAR

Queria poder ser eu
a menina dos olhos teus
Para que, pintando a vida
em vários mundos do belo,
a essência te mostrasse

Copulando com o verbo
entre as mais livres
e coloridas estrofes
Na fantasia te levasse
com o sol mimando a manhã.

Beijar-te ao luar.
Sublime poesia.
Talvez assim estimasses
que ouro e prata
nada valem diante
do afeto que tenho por ti.

LÍGIA SAAVEDRA

Um comentário:

  1. ´Querida Lígia,


    ...te levasse com um sol mimando a manhã...

    Assim estima-se que o ouro e a prata nada valem diante de tais versos!


    Lindo Lígia!


    PS: Tive que passar para o wold para lê-lo! rsrs



    Um abraço grande!

    ResponderExcluir

COPIE E LEVE COM VOCÊ O NOSSO BLOG E A COR DO AÇAÍ.

BannerFans.com

Recado

Paixaoeamor.com