Ajuruteua

Ajuruteua

sábado, 12 de junho de 2010

DOM MORAIS


Dom Morais, diz que escreve poesias desde os nove anos de idade e que ainda não aprendeu, mas o que descobri ao lê-lo foram as mais belas imagens construídas sob a influencia da natureza e do amor que ele nutre pela nossa terra.
Dono de um estilo próprio deixo aqui uma amostra do que constrói este notável paraense.
.
.
.
.MEIN KAMPF DE MAINARDI Autor: (Dom Morais)
.
.
.Sem causa, berra aos quatro cantos o insano
No odor de suas palavras obradas, faz-se fel
O sisudo ghost-writer, na aparência Gargamel
Fala de seu oculto invejado como fosse tirano.
.
.Na insistente gana sobrevive a urubuzar
Cego como um fanático impondo sua razão
Iludindo os idiotas com o tom do seu falar
Aflora idolatria por sua anta em devoção .
.
.Sua falsa casta nata a confundir-se co'a burguesia
Veja à volta, sua tropa torpe passada em revista
Escreveu seu Mein Kampf em um ninho extremista
Hostilizando The Best da nossa cabal democracia
.
.O furo do Ctrl-C + Ctrl-V, em primeira mão
Agita seus compadres numa duvidosa pendenga
Reza sua maléfica ladainha em loop lengalenga
É o passarinho do rolex, desdenhando o povão
.
.
.
.


NESTES LINKS VC PODERÁ CONHECER MAIS DESSE MARAVILHOSO POETA
.
.
.
.

Um comentário:

  1. Filho
    Autor: Dom Morais

    És mais importante em minha vida
    Do que eu em teu viver
    Quando tiveres esse entendimento
    Terás mais cuidado consigo mesmo
    No dia em que o futuro virar presente
    Aprenderás com teus filhos
    O que eu não te fiz entender.

    ResponderExcluir

COPIE E LEVE COM VOCÊ O NOSSO BLOG E A COR DO AÇAÍ.

BannerFans.com

Recado

Paixaoeamor.com