Ajuruteua

Ajuruteua

quinta-feira, 13 de maio de 2010

LÍGIA SAAVEDRA - TESTAMENTO

TESTAMENTO


Se me queres pelo que possuo
Serei o lume do teu viver
Pois tenho no céu estrelas
A luz do sol e o luar
E dele a poesia
Que surge com sua beleza.

Sou dono de belos dias
Manhãs ao alvorecer
Tardes quentes ou chuvosas
Noites que clamam ao amor
E dele a poesia
Que surge com o seu encanto.

Ainda possuo a brisa
Do mar calmo ou revolto
Nas vezes que nele busco
Consolo para a saudade.
E dela a poesia
Que surge com uma lembrança.

Tenho a alma de poeta
A angustia e o sofrimento.
A dor e a felicidade.
A loucura e a tristeza
E dela a poesia
Que surge como um lamento.

Eis tudo aqui declarado
E se tu assim desejares
Herança por ti herdada
Do que possuo na vida,
Sendo que a poesia
É o meu maior legado.


LÍGIA SAAVEDRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COPIE E LEVE COM VOCÊ O NOSSO BLOG E A COR DO AÇAÍ.

BannerFans.com

Recado

Paixaoeamor.com