Ajuruteua

Ajuruteua

domingo, 6 de março de 2011

JAAK BOSMANS - POEMAGEM


MULHER

Escolha entre mil, e em todas se vê, Beleza que explode.
Não pedem licença que o mundo é delas.
Refletem o universo em cada gesto de entrega.
Mulher sabe que sua essência transgride tristezas.

Quando más trazem o bem de toda a maldade.
Sabem se fazer em perdões, jamais se esquecendo.
Feridas, quase sempre se jogam em prantos.
Escondidas e silenciosas para o ninho não molhar.

Mulher de adjetivos nobres, do mais a prostituta.
Se vendendo no corpo, nunca na alma.
De perfeita insanidade na defesa de suas crias.
De tão grande desapêgo, se confundem com indiferenças.

Perfeitas em seus passos, se pressam, nunca correm.
Pedem apenas seus deveres muito antes que direitos.
Mulheres loucas que não repousam depois de cada luta.
Esperando pela batalha final, vencedoras, adormecem.

Jaak Bosmans

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COPIE E LEVE COM VOCÊ O NOSSO BLOG E A COR DO AÇAÍ.

BannerFans.com

Recado

Paixaoeamor.com