Ajuruteua

Ajuruteua

segunda-feira, 18 de abril de 2011

BACURI - FRUTA AMAZôNICA


Esta planta, típica de áreas abertas e clareiras, atinge aproximadamente 3,5 metros de altura e 1 m de diâmetro. Dos ferimentos da casca de seu tronco, o látex aparece. Este, de cor amarelada, é utilizado como cola e também como emplasto para o tratamento de eczema, herpes e outras doenças cutâneas.


Possui folhas grandes, rígidas e brilhantes. Sua flor é de cor vermelha, rosa ou branca. Ela dá origem a um fruto oval do tipo baga, com casca espessa, cor amarelada e polpa branca.

Este, conhecido por “bacuri” ou “landirana”, só forma após dez anos de existência da planta. Possui sabor ácido e adocicado e é rico em fósforo, cálcio, ferro e vitamina C. Bastante apreciado na culinária na forma de sorvetes, sucos, licores, tortas, geléias, dentre outros produtos, é digestivo, diurético e cicatrizante. Seu nome, em tupi, significa: "o que cai logo que amadurece" – e é por este motivo que o fruto é colhido somente quando é desprendido naturalmente da árvore.

Cada bacuri possui de um a cinco sementes, de cor amarronzada. Destas, óleo e farelo protéico podem ser extraídos. O primeiro é utilizado na medicina tradicional como antiinflamatório, cicatrizante e para tratamento de doenças cutâneas.

Fontes:
Brasil Escola
Google Images

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COPIE E LEVE COM VOCÊ O NOSSO BLOG E A COR DO AÇAÍ.

BannerFans.com

Recado

Paixaoeamor.com