Ajuruteua

Ajuruteua

sexta-feira, 8 de abril de 2011

VITAL LIMA E LIA SOPHIA


A união de dois mega talentos no Margarida Schivazappa.

Vital Lima nasceu em Belém do Pará onde, em 1974, foi uma das revelações do 1º Festival de Música e Poesia Universitária ao lado da então iniciante Fafá de Belém, que interpretava uma de suas músicas. No júri do Festival estava o poeta Hermínio Bello de Carvalho que, dentre as canções do compositor seleciona uma, Rock'n Roll, para o repertório do show "Te Pego Pela Palavra" estrelado por Marlene, no Rio de Janeiro, e que acabaria por se tornar seu primeiro trabalho registrado em disco.


Vital também compõe para peças de teatro, destacando-se as trilhas das peças 'O CÂNDIDO CHICO XAVIER" (encenada pela Cia do Caminho em temporadas no Rio de Janeiro e São Paulo e excursões por várias cidades brasileiras) e de "BONEQUINHA DE PANO", de Ziraldo, estrelada por Zezé Fassina, sobre letras de Jamil Damous e do próprio Ziraldo. Por "BONEQUINHA DE PANO", Vital e Jamil Damous receberam o prêmio "Maria Clara Machado" de Melhor canção/Trilha de Teatro Infantil de 2003. O prêmio é da Prefeitura do Rio de Janeiro. A dupla de compositores também é responsável por parte da trilha de "O PLANETA LILÁS", peça também baseada no livro homônimo de Ziraldo, que estreou no Rio de Janeiro em Outubro de 2009.


Lia Sophia nasceu em 1978 na Guiana Francesa e aos dois anos de idade veio para o Brasil. Cresceu em Macapá e aos seis anos já era solista da Igreja. Os primeiros acordes ao violão surgiram aos nove anos por influência da mãe, que na juventude, foi cantora de rádio. Mesmo tendo nascido em uma família de músicos, onde conviveu com diversos estilos musicais, do gospel ao brega, do bolero ao zouk, merengue, além das fortes influências do carimbo e do marabaixo, ritmos típicos da região norte, a carreira musical de Lia Sophia não foi uma conseqüência natural.

Na realidade, fazer da música um ganha-pão nunca foi visto com bons olhos pela família e pela própria Lia. Tocadas ao violão eram somente para serem apreciadas em família. Viver profissionalmente da música era muito arriscado e inconstante.
Foi somente aos 17 anos, quando Lia Sophia foi para Belém/PA cursar psicologia, que ela entrou em contato pela primeira vez com a música popular brasileira, diga-se de passagem, da melhor maneira possível, através dos CDS de João Gilberto e Marisa Monte. A paixão foi imediata! Lia Sophia conhecia então a MPB, sem saber que mais tarde a MPB conheceria Lia Sophia


Serviço:
Show "Vital Lima e Lia Sophia"


Local:
Teatro Margarida Schivazappa do Centur
Dia:
29 e 30 de abril
Hora:
21:00h

Ingressos antecipados das lojas Ná Figueredo


Fontes:
www.vitallima.com
www.liasophia.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COPIE E LEVE COM VOCÊ O NOSSO BLOG E A COR DO AÇAÍ.

BannerFans.com

Recado

Paixaoeamor.com