Ajuruteua

Ajuruteua

sábado, 29 de janeiro de 2011

LÍGIA SAAVEDRA - NADA A DIZER


NADA A DIZER

Cadê você fantasia?
Que me iluminava a verve
Hipnotizava o pensamento
Transportando-me ao mundo
Dos devaneios andróginos
Do meu coração de poeta

Onde andarás criação?
Partistes ao meio dia
De um dia que nunca anoitece
Pois nele a lua não mora
Para não acarinhar a inspiração
Que em mim já se fazia

Faz-me falta à companhia
Dos mais lindos versos escritos
Em noites de alvo luar
Ou mesmo à sombra da vida
Mágicos momentos
Belos ou plenos. Ora ou futuro

Mais que palavras no muro
Mais que rimas de amar
Mais que todo o sentimento
Aonde te encontro poesia?

LÍGIA SAAVEDRA

Google Images

Um comentário:

  1. O vazio ...o branco...a mente falha, a vida falhou e nao encontramos o que dizer se nos encontramos tão vazios quanto a noite sem lua...

    Lindo Lígia gde beijo

    ResponderExcluir

COPIE E LEVE COM VOCÊ O NOSSO BLOG E A COR DO AÇAÍ.

BannerFans.com

Recado

Paixaoeamor.com