Ajuruteua

Ajuruteua

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

ARMANDO SOBRAL - EXPOSIÇÃO JARDINS SAGRADOS


Em locais apartados da realidade, a contemplação pura. Durante a Idade Média, nos monastérios, lugares assim eram conhecidos como “hortus conclusus” – expressão em latim que significa “jardim secreto” e que eram os locais próprios de busca da transcendência espiritual. O artista plástico Armando Sobral retoma este cenário e propõe uma questão conceitual: o enclausuramento da obra de arte dentro de museus. Pensar a linguagem a partir das condições de recepção e entendimento mediadas pelo ambiente museológico pode ser compreendida como a representação de um mundo idealizado, como nos tais “hortus conclusus” medievais.


De acordo com Armando, a referência conceitual é uma forma de pensar a obra de arte como objeto sacro dentro dos museus, afirmar o lugar convencionalizado da obra para assim assumir uma posição crítica do papel sacralizado que a arte ocupa no cenário da cultura contemporânea, sua estratificação e alheamento da vida. “Não pensei em negar a ideia de museu, mas afirmá-la, construindo objetos dentro de processos tradicionais de escultura e valorizando o espaço museal”, diz. Com isso, uma vegetação de pequenos volumes surgem de forma quase oculta para o espectador nas esculturas da exposição “Jardins Sagrados”, que abre hoje, às 19h, no Museu da Universidade Federal do Pará. (Diário do Pará)


Sobre o artista:
Armando Sobral nasceu em 25 de setembro de 1963, em Belém do Pará. Graduado em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado. É professor da Universidade Federal do Pará e vem prestando assessoria técnica para instituições públicas do estado que atuam nas áreas educacional e cultural. Participou de diversas mostras nacionais e internacionais (Espanha, Canadá, Japão, Estônia, Rep. Tcheca, Argentina, Polônia, Noruega, México, Cuba), e dentre as mostras mais recentes destacam-se: Impressões: Panorama da Xilogravura Brasileira, Santander Cultural, RS, 2004; Curador da coletiva de gravura “Múltiplos”, Galeria Graça Landeira, Belém, 2003; “Traços e Formas na Gravura Contemporânea Brasileira”, VIII Bienal de Havana, 2003; “Mantas – Xilogravuras”, individual no Museu de Arte Sacra de Belém, 2002; “Entre el Gesto y la Repetición”, FUNCEB, Buenos Aires, 2002; “Trilingüe ABC Estampes Actueles”, Universidade de Quebec, 2001; 3a Trienal de Gravura “Colour in Graphic Art”, Polônia, 2000; “Investigações: A Gravura Brasileira”, Instituto Cultural Itaú, 2000; “XII Bienal Iberoamericana de Arte - Estampas de fin de siglo y hacia un nuevo milenio” (artista convidado ), México, 2000; “Gravuras”, individual na Galeria do CCBEU, Belém, 2000.

Armando Sobral
armandosobral@hotmail.com
www.kunstinzicht.nl
www.gravuraonline.com.br
armandosobral.wordpress.com
tel/fax 55 91 3241-7806


Fonte:
Diário do Pará
Site do artista

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COPIE E LEVE COM VOCÊ O NOSSO BLOG E A COR DO AÇAÍ.

BannerFans.com

Recado

Paixaoeamor.com