Ajuruteua

Ajuruteua

sábado, 13 de novembro de 2010

"BALA NA AGULHA" O LIVRO DE ZECA BALEIRO



"Todo trabalho artístico é um disfarce nobre para obter poder, dinheiro e sexo. Não necessariamente nessa ordem”.

O pensamento acima, creditado a um certo Zito Vinagre, filósofo de padaria, está em “Bala na Agulha, reflexões de boteco, pastéis de memória e outras frituras”, livro que lança o compositor Zeca Baleiro no universo da literatura.

Logo no começo, uma explicação: a obra não obedece à reforma ortográfica de 2008, “pelo fato de o autor se recusar a escrever palavrões como autorretrato e assembleia”.

E assim, com a pirraça, é dado o tom do livro, que está divido em três partes: as primeiras 160 páginas reúnem textos que Zeca Baleiro publicou em seu site desde 2005, e que falam de tudo um pouco: religião, comportamento, semântica, música, literatura, cinema e, até, gastronomia.


Sobre o autor:
Zeca Baleiro, nome artístico de José Ribamar Coelho Santos, (Arari, Maranhão, 11 de abril de 1966) é um cantor, compositor e músico brasileiro de MPB. Transferiu-se para São Paulo onde lançou sua carreira.
Zeca Baleiro canta, toca violão e já teve suas composições interpretadas por Simone, Gal Costa, Elba Ramalho, Vange Milliet, Adriana Maciel, Luíza Possi, Rita Ribeiro, Renato Braz, Charlie Brown Jr, O Rappa e Babado Novo.


Serviço:
Bala na Agulha, reflexões de boteco, pastéis e outras frituras, 230 páginas, Ponto de Bala Editora

Autor: Zeca Baleiro

Preço: R$ 30,00

Fontes:
Wikipédia
Ultimo Segundo
Google Images

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COPIE E LEVE COM VOCÊ O NOSSO BLOG E A COR DO AÇAÍ.

BannerFans.com

Recado

Paixaoeamor.com