Ajuruteua

Ajuruteua

terça-feira, 28 de setembro de 2010

CLAUDIA IMBOVICH






HÁLITO


enquanto o ego
ziguezagueia
o hálito cósmico

cada olho passeia
escolhe passos
sapatos e meias
no Universo lógico

quintal universal
quintessência, quantum

pragmático...matemático
como o dia soprando as marés,

toda pessoa tem a marca das matas
das pedras, dos sapos e das manhãs.

Claudia Imbovich


Sobre a autora:
Poeta por formação de cima,aliás; este fato atávico e arrítmico é o que me proporciona a suspensa emoção.

Seja bem recebido,você que lê as minhas divagações!

Diz, Lígia Saavedra:
Pela constância de suas poesias em nosso sítio cultural já considero a poetisa Claudia Imbovich uma rosa de nosso jardim.

Muito obrigada!


Fontes:
Claudia Imbovich via Orkut
Google Images

4 comentários:

  1. Un poema con base en la metafísica y su efecto en la vida. Felicitaciones mi querida Ligia por divulgar la literatura y la cultura que es el única herencia que una persona, un pueblo o una nación deja y por mantenernos siempre motivados en la lectura a través de este hermoso blog, donde pones todo amor y dedicación. es una tarea muy interesante que realizas y que hay que resaltar.
    Víctor Manuel Guzmán

    ResponderExcluir
  2. Bien, yo puedo decir qui estoy encantada por tu palavras acerca de mi poema!
    Gracias!
    Claudia Imbovich.

    ResponderExcluir
  3. Adorei sua página, está cheia de versos lindos e tanta coisa boa. Curti estar aqui. bjus querida! bjubju

    ResponderExcluir

COPIE E LEVE COM VOCÊ O NOSSO BLOG E A COR DO AÇAÍ.

BannerFans.com

Recado

Paixaoeamor.com