Ajuruteua

Ajuruteua

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

BAIA DO GUAJARÁ


A Baía do Guajará é uma baía que banha diversas cidades do estado brasileiro do Pará, inclusive sua capital, Belém.
Foi formada pelo encontro da foz do Rio Guamá com a foz do Rio Acará.[1]

Antes denominada Paraná-Guaçu, pelos índios tupinambás que habitavam a região, a Baía do Guajará, foi a porta de entrada para os portugueses que desejavam ocupar o Grão-Pará. De acordo com o Tratado de Tordesilhas as terras pertenciam à Espanha, mas naquele momento os territórios estavam unificados pela União Ibérica.

A 12 de janeiro de 1616, três embarcações, o patacho Santa Maria da Candelária, o caravelão Santa Maria das Graças, e a lancha grande Assunção, aportaram onde hoje é a cidade de Belém (Mairi, para os indígenas) com 150 homens, a qual Francisco Caldeira de Castelo Branco, Descobridor e Primeiro Conquistador do Amazonas, seu título na época, denominou Feliz Lusitânia.

No local, o engenheiro-mor Francisco Frias Mesquita iniciou a contrução, à margem leste da baía, do Forte do Presépio (hoje, Forte do Castelo), marco inicial da fundação da cidade de Santa Maria de Belém do Grão Pará.

A Baia do Guajará forma praias lindíssimas nas inúmeras ilhas que nela se encontram como em Mosqueiro, Outeiro ou Cotijuba e muitas outras.

Assista aqui o carimbó "Guajará", em que homenageio essa linda Baia paraense:




Fonte:
Wikipédia
Google Images
You Tube

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COPIE E LEVE COM VOCÊ O NOSSO BLOG E A COR DO AÇAÍ.

BannerFans.com

Recado

Paixaoeamor.com